Meio Bit » Games » SEGA promete consertar jogos lançados gratuitamente para mobile

SEGA promete consertar jogos lançados gratuitamente para mobile

Após várias reclamações por os jogos da linha SEGA Forever não estarem rodando bem nos tablets e smartphones, executivo da empresa diz que no geral o lançamento foi bom e que estão trabalhando para oferecer emulações melhores.

3 anos atrás

sega-forever

Na semana passada muita gente ficou bastante empolgada com a iniciativa da SEGA de oferecer alguns dos seus clássicos de forma gratuita para dispositivos mobile, mas passada a euforia inicial e com os primeiros testes já realizados, parece que a oferta não se mostrou tão boa quanto gostaríamos.

Tanto na App Store quanto na Google Play podemos ver diversas reclamações em relação as emulações dos títulos disponibilizados na leva inicial, com as críticas indo desde problemas de lag até nas trilhas sonoras, passando ainda por congelamentos e até mesmo no fechamento dos jogos.

Com tantas pessoas atacando a empresa pelo trabalho de baixa qualidade feito nesses relançamentos, o responsável pelo marketing da SEGA Networks foi questionado sobre o assunto e a resposta de Mike Evans foi a seguinte:

O lançamento por si só tem sido bastante positivo — se você olhar para a vasta maioria do feedback, ele tem sido forte, se olhar para as avaliações dos consumidores na loja, eles definitivamente possuem bons sentimentos. Existe espaço para melhoras como em qualquer coisa? Sim, existe. É um projeto muito ambicioso e demora bastante para chegar a este ponto. A beleza do que temos no mobile é que estamos num programa contínuo e temos muitas coisas planejadas conforme avançarmos, e continuaremos trabalhando nesta qualidade. Para a vasta maioria dos nossos fãs [os jogos] são sólidos, mas os caras especialistas que estão procurando pelo epítome absoluto da qualidade, continuaremos melhorando para esses caras.

Os caras a quem Evans se refere provavelmente são sujeitos como John Linneman, membro do Digital Foundry e que é conhecido por destrinchar a parte técnica dos jogos. Em sua conta no Twitter o sujeito chegou a afirmar para nem tocarmos nos jogos da linha SEGA Forever, acusando-os de serem apenas emulações porcas embaladas na engine Unity.

Quanto a isso, o executivo disse que e engine foi escolhida por permitir que um número maior de jogadores fossem alcançados, afirmando ainda que as muitas variações de aparelhos e sistemas operacionais é algo que tem feito com que os games não rodem perfeitamente para todos. O estranho é eles só terem descoberto isso depois do lançamento.

O que reconforta aqui é o fato de tais jogos estarem sendo distribuídos gratuitamente, logo, mesmo concordando que as críticas devem ser feitas, pelo menos nenhum fã perderá dinheiro ao testar os games e se eles não funcionarem da maneira como gostaríamos, na pior das hipóteses teremos que esperar uma possível correção por parte da SEGA.

Em nota relacionada, recentemente a editora chegou a afirmar que apesar do foco da linha SEGA Forever ser os tablets e smartphones, eles não descartam a possibilidade de ela chegar a outras plataformas e algumas das citadas abertamente por Mike Evans foram a Apple TV, os computadores e… o Switch. Será que sou o único a achar que o console da Nintendo seria perfeito para tais jogos?

Fonte: Eurogamer.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários