Meio Bit » Demais assuntos » PS Plus e a indignação dos assinantes brasileiros

PS Plus e a indignação dos assinantes brasileiros

Após substituir o Just Cause 3 pelo indie Strike Vector EX, a Sony mais uma vez mostra sua indiferença com os brasileiros e assinantes da PS Plus local ficam revoltados.

27/07/2017 às 10:00

Quem acompanha o MeioBit Games há algum tempo sabe que eu não costumo fazer posts falando quais jogos serão oferecidos aos assinantes da PlayStation Plus ou Xbox Live, simplesmente porque não vejo muita graça nisso, mas dessa vez terei que abrir uma exceção.

Desde ontem tenho acompanhado diversas reclamações nas redes sociais por causa dos jogos que serão “dados” em agosto aos assinantes do serviço da Sony e o motivo seria a substituição de um dos títulos. Explicando melhor, enquanto aqueles que possuem uma conta americana receberão o Just Cause 3, aos assinantes da Plus brasileira levarão o Strike Vector EX (que até parece divertido).

A princípio alguns acharam se tratar de um equivoco, que não seria possível um título de tamanho porte ter sido substituído por um indie, mas quando o blog do PlayStation soltou o comunicado oficial, o que muitos temiam foi confirmado. Com isso, os jogos disponíveis por aqui no mês que vem serão os seguintes:

  • Assassin's Creed: Freedom Cry (PS4)
  • Strike Vector EX (PS4)
  • Super Motherload (PS3)
  • Snakeball (PS3)
  • Downwell (PS Vita/PS4)
  • Level 22 (PS Vita)

A partir daí foi possível ver uma chuva de críticas à empresa, inclusive com alguns mais exaltados afirmando que deixarão de assinar o serviço e até que venderão seus consoles, o que particularmente considero não passar do mais puro chororô.

No entanto, é realmente revoltante ver o tratamento que nós brasileiros costumamos receber de algumas empresas de games e isso infelizmente nem é exclusividade da Sony (embora esta pareça sentir um maior prazer em nos maltratar). Por outro lado, temos que levar em consideração o fato de que uma assinatura da PS Plus por aqui custa menos do que é cobrado nos Estados Unidos (R$ 130 x US$ 60), o que pode justificar essa diferença de títulos.

Enfim, sei que parece sacanagem fazer tal comentário agora, mas preciso agradecer à Sony por ter esclarecido uma dúvida que vinha me perseguindo há algum tempo. Outro dia mesmo eu quase migrei minha conta para o Brasil, só para poder assinar a Plus pagando menos, mas diante desta lista e depois de ver jogos com diferenças de preço tão grande nas lojas brasileiras e americanas do PlayStation 4, acho que é melhor manter as coisas como estão.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários