Meio Bit » Games » Para EA, demorará para os consoles abandonarem mídias físicas

Para EA, demorará para os consoles abandonarem mídias físicas

Executivo da EA diz que ainda deverá demorar um bom tempo até que a distribuição digital se torne a única maneira de adquirirmos nossos jogos e que cabe ao consumidor decidir qual a melhor maneira de comprar os games.

06/12/2017 às 13:03

distribuicao-digital

Quando a atual geração de consoles chegou, muitos passaram a acreditar que o Xbox One e o PlayStation 4 seriam os últimos videogames a contarem com jogos distribuídos fisicamente. O fato deles oferecerem todos os jogos também de forma digital ajudou a acreditarmos nisso e com cada vez mais pessoas comprando seus games direto pelas lojas virtuais desses aparelhos, parecia um caminho sem volta.

Porém, a Nintendo mostrou com o Switch que ainda havia espaço para jogos vendidos em caixinha (e até cartuchos!) e de acordo com o diretor financeiro da EA, Blake Jorgensen, ainda levará um bom tempo até que a distribuição digital se torne a única maneira de adquirirmos jogos.

Os consoles e drives de discos provavelmente estarão por aí por um longo período,” disse o executivo durante um evento na NASDAQ. “Penso que é o consumidor que decide qual é a maneira mais fácil para comprar um jogo. E isso pode significar que talvez ele não tenha mais uma loja na rua em que moram, então ele decide que comprar digitalmente pode ser a maneira mais fácil para fazer isso.

Outra vantagem citada por Jorgensen em relação a distribuição digital foi a possibilidade de fazermos o pré-carregamento de um jogo antes mesmo dele ser lançado, o que serve como incentivo para a pré-venda e que eu diria que é uma situação em que todos podem sair ganhando.

Falando especificamente sobre o desempenho da Electronic Arts nesta área, hoje cerca de 30% de tudo o que a empresa vende para consoles é feito de forma digital e quando se trata do PC, a taxa aumenta para algo entre 80 e 90%. Evidentemente, a expectativa lá pelos lados da empresa é de que esta adesão a distribuição digital aumente com o tempo.

Eu já falei algumas vezes por aqui que tenho sentimentos conflitantes em relação a distribuição digital. Por um lado, adoro pegar um jogo na caixinha, folhear o manual (quando ainda existiam) e vê-lo depois decorando minha prateleira. Porém, não existe nada melhor do que não precisar sair de casa para comprar um game e demorar apenas o tempo de passar o cartão de crédito para já começar a baixar e jogar alguma coisa. Sem falar em nem ter que sair do sofá para trocar de um jogo para outro.

A verdade é que cedo ou tarde os consoles deixarão de contar com mídias físicas, seja com os jogos sendo vendidos digitalmente ou até oferecidos por streaming e hoje já consigo pensar que quando isso acontecer, será bom para todos.

Fonte: Gamespot.

relacionados


Comentários