Meio Bit » Games » Mass Effect: Andromeda não será um jogo de mundo aberto

Mass Effect: Andromeda não será um jogo de mundo aberto

Produtor do Mass Effect: Andromeda diz para não esperarmos um jogo de mundo aberto, mas sugere que o título oferecerá tanta exploração quanto os capítulos anteriores da série.

15/02/2017 às 13:00

Embora o enredo seja evidentemente muito importante, uma das coisas que considero mais legais num RPG é a liberdade que o jogo nos dá. Poder ir para onde quisermos, realizar as missões na ordem que bem entendermos ou até desenvolvermos a história como acharmos melhor sempre me pareceu o ideal para o gênero.

Neste sentido, talvez o The Witcher 3 tenha sido o título que melhor me atendeu, mas se você espera uma liberdade tão grande do Mass Effect: Andromeda, talvez não fique muito feliz com uma declaração dada essa semana pelo produtor Michael Gamble. Ao ser questionado sobre a possibilidade do game se passar num mundo aberto, ele disse:

Eu definitivamente não chamaria o Andromeda de um jogo de mundo aberto. Gostamos de usar o termo ‘jogo baseado em exploração’. Você terá o conceito de entrega de história e de todas as coisas que espera de um Mass Effect. A camada por cima disso será uma camada de exploração. Algumas vezes isso acontecerá em espaços abertos, mas nem sempre. Você poderá viajar por alguns desses planetas a bordo da Nomad, mas não será um tradicional jogo sandbox.

Particularmente eu preferiria algo mais aberto, nos moldes do que a CD Projekt entregou com o seu ultimo jogo, mas da maneira como Gamble descreveu o Andromeda, parece que não será muito diferente do que tínhamos nos capítulos anteriores da série e por isso acredito que os fãs não ficarão decepcionados.

O curioso é que o próprio The Witcher 3 foi citado como exemplo por outro produto recentemente. Na ocasião, Fabrice Condominas disse que aquele RPG os inspirou a trabalhar em missões secundárias mais relevantes, algo que foi motivo de críticas a outro jogo da BioWare, o Dragon Age: Inquisition. Sendo assim, se não teremos toda a liberdade que eu gostaria, ao menos o novo Mass Effect promete bastante conteúdo interessante.

Previsto para chegar ao PC, Xbox One e PlayStation 4 no dia 21 de março, eu até gostaria de estar mais empolgado com o Mass Effect: Andromeda, mas como ainda não terminei o seu antecessor e com uma fila gigantesca de RPGs para jogar, provavelmente só o encararei daqui algumas décadas.

Fonte: GamesRadar.

relacionados


Comentários