Meio Bit » Demais assuntos » Final Fantasy XII Remaster ganha data de lançamento

Final Fantasy XII Remaster ganha data de lançamento

Square marca para julho o lançamento do Final Fantasy XII: The Zodiac Age, remasterização do jogo antes exclusivo para o PS2 e que por enquanto só chegará ao PS4.

01/02/2017 às 8:31

final-fantasy-12

Uma das melhores notícias que os fãs da série Final Fantasy receberam no ano passado foi a de que o décimo segundo capítulo seria remasterizado para o PlayStation 4 e agora chega a confirmação de quando isso acontecerá: o próximo dia 11 de julho.

O anúncio foi feito durante um evento realizado no Japão para comemorar o 30º aniversário da franquia e como o próprio nome desse relançamento sugere, ele será baseado em uma versão do game que saiu depois no Japão e que permite ao jogadores atribuir profissões aos personagens, lhes dando assim habilidades variadas.

Conforme explicou o produtor Hiroaki Kato, esse recurso fez com que o RPG permitisse uma customização muito maior da equipe de heróis que controlamos, evitando que eles estivessem muito poderosos na parte final da aventura.

Além disso, o Final Fantasy XII: The Zodiac Age ainda trará cenários, personagens e cenas não interativas mais bonitos, suporte a som 7.1, a possibilidade de jogarmos tanto com as vozes em inglês quanto em japonês e de escolhermos entre a trilha sonora original e uma regravada. O poderio maior do atual console ainda garantirá um tempo reduzido de carregamento.

Defendido por muitos como um dos melhores capítulos da série, o ponto negativo dessa remasterização parece ser apenas a exclusividade para o PS4, mas considerando o histórico recente da Square Enix, é muito provável que depois de alguns meses o título também apareça no Steam.


PlayStation — FINAL FANTASY XII THE ZODIAC AGE - Tokyo Game Show Trailer 2016 | PS4

Apesar de a minha cópia do Final Fantasy XII para PlayStation 2 estar guardadinha aqui, a possível chegada do jogo no PC me fará comprá-lo novamente. Como nunca consegui ir até o seu final, poder fazer isso com gráficos muito mais bonitos e com acesso a um sistema refinado é algo bastante tentador e mesmo sendo uma pessoa que critica a onda de remasterização que invadiu a indústria, esse é o tipo de caso que considero extremamente válido.

Fonte: Game Informer.

relacionados


Comentários