Meio Bit » Indústria » Impeachment? O verdadeiro golpe está sendo realizado pela Vivo contra uma #InternetJusta

Impeachment? O verdadeiro golpe está sendo realizado pela Vivo contra uma #InternetJusta

Internet com Limites — depois que Claro e Oi manisfestaram que não deverão praticar franquias de internet fixa este ano, a Vivo esclarece que vai dar opções de franquias ilimitadas (e mais caras) de banda larga aos usuários. Prefeitura de Fortaleza e PROCON local estão contra limitação no tráfego de internet, por entenderem que esta fere Marco Civil. Confira também a lista atualizada dos provedores regionais que não aplicarão limites de tráfego na banda larga.

4 anos atrás

Laguna_Vivo_campanha

Semana passada, três das maiores operadoras brasileiras de internet banda larga (fixa, ADSL) planejavam cumprir à risca com os limites de tráfego estabelecidos nas minúsculas linhas dos contratos. No meio da semana, o Ministério das Comunicações (MiniCom) enviou ofício para a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para que esta evitasse possíveis abusos da Claro (NET), Oi (Velox) e Vivo (GVT) contra os consumidores.

Aqui em Fortaleza, terra do tio Laguna, o PROCON local declarou a prática como abusiva: ela fere o Código de Defesa do Consumidor (CDC), bem como as conquistas alcançadas pelo Marco Civil da Internet (Lei nº 12.965/2014). Não votei no atual prefeito, mas a Prefeitura de Fortaleza está de parabéns com tal posicionamento (o que a proximidade com as eleições municipais não faz)!

Nas redes sociais, o impacto da notícia inicial surtiu grande efeito negativo contra a a imagem dessas operadoras. Após o ofício do MiniCom à Anatel, a Claro (NET) e a Oi (Velox) trataram de por panos quentes na situação e disseram que por enquanto vão deixar a situação como está: Claro e Oi continuarão a especificar franquias e pacotes limitados de dados nos contratos, mas na prática só reduzirão a velocidade de alguns consumidores com tráfego muito mais intenso.

Detalhe: as duas operadoras citadas aparentemente só deixarão a internet fixa ilimitada este ano. No próximo, é muito provável que não serão tão boazinhas. No momento, parece óbvio que Claro e Oi só estão jogando a culpa para a Vivo, ex-Telefônica e atual dona da GVT. A Vivo sim está deixando cada vez mais claro (dsclp) que vai mesmo pôr em prática a limitação dos planos de internet banda larga.

Em nota no Facebook, a Vivo esclarece seu procedimento (o tio Laguna destacou em negrito o detalhe mais importante):

Laguna_Vivo_FB

(…)

Se você possui Vivo Fibra ou banda larga GVT contratados até 01/04/2016, o uso ilimitado de internet está garantido.
·
Os planos contratados após esta data preveem franquia de internet e têm, em caráter promocional, uso ilimitado. Não há previsão de alterações, mas asseguramos que quando e, se ocorrerem, serão avisadas antecipadamente, precedidas de ampla comunicação e de ferramentas para que você compreenda e acompanhe o seu consumo de internet.
·
Você terá sempre à disposição opções adequadas ao seu perfil de uso, baseadas em estudos de comportamento de consumo e suas expectativas. A Vivo oferecerá desde planos mais acessíveis até planos ilimitados”.

(…)

Traduzindo: o setor de mídias sociais da Vivo tentou apagar o incêndio com querosene. Não só confirmou que a operadora espanhola vai sim limitar o tráfego dos atuais e novos usuários brasileiros, como agora vai passar a oferecer planos de banda larga ilimitados por preços maiores (ainda não divulgados)!

O controle de danos da ex-Telefônica está ruim mesmo: a notícia de planos realmente ilimitados é boa, mas teria sido mais interessante ter implantado pacotes de dados mais condizentes com os internacionais. O plano mais caro da Vivo, de 130 GB (a 25 Mb/s), permite um tráfego tão ridiculamente baixo que lá na civilização está mais para pacote de internet móvel topo de linha. Móvel, internet móvel, algo que com a atual tecnologia realmente precisa ter limitações, infelizmente: de 10 a 130 GB mensais são mais adequados para smartphones e tablets que dependam do 4G/LTE.

Tenho que lembrar novamente: o Wi-Fi que você coloca em casa consome a banda larga residencial também, ele não é de graça. Roubar Wi-Fi do vizinho já é condenado pelo Islã, imagina um Wi-Fi vindo da banda larga fixa da Vivo?

Troque de operadora. No texto anterior, citei uma boa lista de pequenos provedores regionais de internet. Alguns leitores me enviaram mais dicas de provedores nos comentários daquele texto, portanto segue abaixo uma lista mais atualizada.

Quem são as operadoras do bem (por enquanto)

Devo lembrar que boa parte dos provedores citados usam fibra óptica ou, dependendo da região, só atendem a empresas. Aliás, graças a atitudes como a da Vivo, alguns desses provedores regionais aproveitaram a confusão para reforçar nas propagandas que não limitarão o tráfego de seus atuais e novos clientes.


Master Comunicação — Copel Telecom - Viagem


Master Comunicação — Copel Telecom - Batata


Master Comunicação — Copel Telecom - Floricultura

Aviso: atualmente o MeioBit não está sendo patrocinado por nenhuma das operadoras citadas. Quando o formos, avisaremos no texto e provavelmente o classificaremos como publieditorial. Como sempre fizemos em 12 anos de blog.

Se bem que fica difícil aceitarmos anunciantes como a Vivo. Exceto se ela vier com comerciais sinceros como o abaixo.


Samuel Guimarães — Vivo - Viver é a melhor conexão... .... .... interrompida.

Ou este outro!


Lucas Lobo — Viver é a pior conexão.

Leia também:

relacionados


Comentários