Meio Bit » Ciência » Dica para alienígenas: as Estrelas-do-Mar não gostam de ser chipadas

Dica para alienígenas: as Estrelas-do-Mar não gostam de ser chipadas

Parece coisa de alienígenas: chips introduzidos em seres inferiores contra a vontade deles, mas os seres inferiores estão brigando de volta. Independence Day? Não, ciência, cortesia da Dinamarca.

23/12/2016 às 19:03

south-park-anal-blogjpg-8860fe_1280w

Implantes alienígenas são um problema. Nem todo mundo é como uma certa cantora de MPB que curtiu ser chipada (bota no Google). Há casos onde seres inferiores são capturados por entidades incrivelmente avançadas, têm seus corpos violados com a introdução (epa!) de implantes, mas eles não aceitam isso de forma passiva (epa 2). Eles reagem e isso é intrigante.

O caso foi relatado por Frederik Ekhold Gaardsted Christensen e Trine Bottos Olsen, esses dois aqui:

estudantes

Eles estudam biologia na University of Southern Denmark, e passaram por duas situações inusitadas: a primeira, como estudantes e graduação e não sendo a forma de vida mais inferior presente. A segunda, ao realizar uma tarefa passada por um professor: introduzir chips de identificação em estrelas-do-mar, para poder diferenciar uma das outras. (biólogos são racistas acham que todos os equinodermos se parecem).

A tarefa era simples, mas os estudantes encontraram problemas. Os chips apareciam caídos no fundo do aquário. A diferença é que Fred e Trine são (futuros) cientistas de verdade, movidos pela curiosidade. Foram investigar o que estava acontecendo.

Usaram ultrassom, chips magnéticos para acompanhar a posição do microchip e repetiram várias vezes os experimentos, chegando a conseguir flagrar o momento em que o microchip era excretado na ponta do braço da estrela-do-mar.

Os dois descobriram que estrelas-do-mar possuem um mecanismo para lidar com corpos estranhos que consegue transportar o objeto alienígena por entre seus órgãos, sem danificá-los, até uma saída temporária na ponta do braço. Isso rendeu um paper, Coelomic Transport and Clearance of Durable Foreign Bodies by Starfish (Asterias rubens).

É reconfortante saber que mesmo com gente com PhD sorvendo pirocas com dinheiro público, estudantes de graduação já estão produzindo Ciência de verdade.


syddanskuniversitet — The Starfish Secret

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários