Meio Bit » Games » Localização para português faz pirataria de jogo explodir

Localização para português faz pirataria de jogo explodir

Criadores do Punch Club dizem que o download de cópias piratas aumentou muito depois deles localizarem o jogo para português e faz alerta a desenvolvedores pequenos sobre disponibilizar suas criações na nossa língua.

24/03/2016 às 10:00

punch-club

Se você possui um pequeno estúdio e vê uma franquia inédita que lançou alcançar mais de 300 mil cópias vendidas em poucos meses, provavelmente ficará muito feliz com o desempenho comercial alcançado. Mas e se além disso você descobre que outras 1,6 milhão de cópias do mesmo título foram pirateadas? Pois foi o que aconteceu com o pessoal da tiny Build e o Punch Club.

Quem falou sobre o problema no blog oficial da desenvolvedora foi Alex Nichiporchik, que reconheceu que os sistema de DRM não costumam ser bons para quem paga pelos jogos, mas que é difícil ignorar o impacto que a pirataria tem nos negócios.

Além disso, chama a atenção os números divulgados pelo CEO da empresa, já que segundo ele o interesse dos piratas daqui aumentou consideravelmente a partir do momento em que seus estúdio lançou uma tradução para o Punch Club, o que para ele significa que os brasileiros adoram piratear jogos localizados.

De acordo com o levantamento feito pela tiny Build, só no dia da disponibilização da tradução foram 11.627 cópias piratas registradas no Brasil, contra 373 cópias vendidas, uma proporção bem diferente da registrada em países como França, Alemanha e Estados Unidos.

Isso quer dizer então que o estúdio deixará de localizar seu jogos para o nosso idioma? Pois o diretor criativo Tom Brien disse nos comentários que não, mas que os dados divulgados por eles podem ajudar outras companhias a pensarem duas vezes antes de investir nessa área, pois como Nichiporchik disse no texto, localizar um jogo para a Europa Ocidental é algo que dá retorno, já para certos países como Brasil, Rússia e China…

Acho tudo isso muito triste e nem falo da frustração que esses caras devem ter tido, mas da possibilidade de tais números atrapalharem uma tendência que considero entre as mais positivas dos últimos anos, que é vermos jogos sendo lançado em português.

Espero que outras desenvolvedoras não estejam registrando o mesmo problema que a tiny Build, mas se traduzir um jogo para português pode fazer com que a pirataria por aqui aumente, como criticar uma empresa por nos oferecer um título apenas em inglês?

relacionados


Comentários