Meio Bit » Ciência » Posse de Temer faz com que 12 Tucanos deixem o país

Posse de Temer faz com que 12 Tucanos deixem o país

O Brasil que dá certo dá certo mesmo que uns não queiram e mesmo quando os uns são o complexo industrial-militar dos EUA. Uma venda de Super-Tucanos da Embraer que seriam repassados pelos EUA para a Nigéria ficou encalacrada enquanto não se decidia quem ocupava a Presidência, mas agora que a poeira assentou, os gringos ficaram sem desculpas e o processo de compra prossegue. Não é nada não é nada, são mais US$ 300 milhões no nosso bolso.

4 anos atrás

AIR_EMB-314_Drakos_Colombia_lg

O complexo industrial-militar dos EUA sofre de um complexo de superioridade onde não aceitam que algo pode ser feito com qualidade fora das fronteiras deles. Por isso detestam quando nem com a força de seu Lobby conseguem impor seus produtos, como o caso do Beechcraft T-6 Texan II, o venerável sucessor do bom e velho T-6, treinador da Segunda Guerra e excelente aeronave, posso atestar, já voeei nele. 

O Embraer EMB-314 Super Tucano da Embraer é “a” aeronave de ataque a solo em termos de custo/benefício, em cenários de contra-insurgência, onde você já tem superioridade aérea e seu inimigo não conta com excesso de Stingers. Ele vem sendo muito bem utilizado em países como Chile, Colômbia, Brasil, Indonésia, Estados Unidos e outros. Se ele não tem aquele canhão boçal do A-10, em compensação sua hora de vôo custa apenas US$ 500,00; comparado com os US$ 17 mil do A-10.

73B

Muito, muito a contra-gosto os americanos compraram 20 Super-Tucanos para repassar ao Afeganistão. A concorrência foi cancelada duas vezes, mas tiveram que engolir e em breve graças ao caça brasileiro a fábrica de virgens no paraíso muçulmano vai ter que trabalhar mais rápido que a gráfica que imprimia a capa do Virgin Killer, do Scorpions, que recomendo aliás que você não Google.

Agora, segundo o Estadão a Embraer fez mais uma venda para os EUA, 12 Super-Tucanos no valor de US$ 300 milhões. Seria uma negociação que estava encalacrada por causa da incerteza no momento político daqui. Como o Brasil não virou Venezuela nem caímos na anarquia, decidiram dar andamento ao processo de compra, que espera-se seja mais tranquilo que o pacote do Afeganistão.

Se tudo der certo esses aviões irão para a Nigéria, onde combaterão os animais do Boko Haram. Azar o deles.

E sim, se o Impeachment não tivesse passado provavelmente a venda sairia do mesmo jeito, importante é a desculpa pra emperrar o processo.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários