Meio Bit » Filmes e séries » Valar Morghulis: um guia ilustrado com todas as 456 mortes em Game of Thrones

Valar Morghulis: um guia ilustrado com todas as 456 mortes em Game of Thrones

Washington Post fez um guia ilustrado com diversos detalhes sobre as centenas de mortes que já aconteceram em Game of Thrones, da HBO, como local, arma utilizada, motivos em casos de execução e até mesmo quem foram os assassinos mais eficientes até agora. Valar Morghulis!

5 anos atrás

Screen Shot 2015-04-06 at 12.41.02_small

Se existe uma máxima popular no universo das séries hoje em dia é que George R.R. Martin não tem o menor pudor em se livrar de seus personagens em As Crônicas de Gelo e Fogo. Essa obra foi adaptada posteriormente em um formato para TV, intitulado Game of Thrones, produzido pelo canal HBO. E como não poderia deixar de ser, muitos dos personagens da série também tiveram vida curta, em um festival de decapitações, apunhaladas, envenenamentos, tortura, flechadas e toda sorte de morbidez sórdida que você possa imaginar.

Acredito que a partir daqui eu nem precise lembrar que teremos spoilers neste post, certo? Pois bem…

O Washington Post fez um guia ilustrado com todas as 546 mortes que aconteceram no seriado até hoje. E é bom citar o “até hoje”, uma vez que estamos falando de George R.R. Martin e roteiristas que divergem livremente da obra original. Sabe como é… já vi muito jogador ser expulso mesmo antes de entrar em campo.

O guia é muito bem detalhado, feito com vários pequenos infográficos que resumem como cada um dos personagens morreu ou foi morto, onde aconteceu e como aconteceu. Ele traz também toda uma iconografia que mostra a família ou alianças dos personagens, em qual temporada eles foram limados, quem matou — no caso de uma execução — o método utilizado e as razões para tal atitude.

Screen Shot 2015-04-06 at 12.42.49 PM

Screen Shot 2015-04-06 at 12.41.14 PM

Screen Shot 2015-04-06 at 12.41.26 PM

Screen Shot 2015-04-06 at 12.40.48 PM

No caso de Joffrey Baratheon, por exemplo, vamos como essa série pode ser surpreendente. Estamos falando de um moleque petulante, arrogante, sem noção de limites, cheio de inimigos, injusto e visceral em suas atitudes. O que não faltava era motivo pra matar Joffrey. Ainda assim, a motivação atribuída à morte dele foi porque Olenna não queria que Margaery Tyrell sofresse por se casar com o sádico playboy medieval. Acho justo.

“Ah, mas como assim 456 mortes?”

O relatório é tão completo que conta os soldados que de fato apareceram em combate, execuções de prisioneiros e até quando cabras ou veados foram mortos por motivos de “alguém precisa comer nesse lugar e pode mais quem chora menos”:

Screen Shot 2015-04-06 at 1.23.11 PM

deer_goat

E pra não ficar só nessa de quem morre, afinal isso é deprimente, a publicação também traz quem foram os assassinos mais eficientes até agora, qual o número de mortes, arma mais mortal e status atual. Que varia entre Vivo e Morto. Mortos-vivos não entraram na estatística.

GameOfThrones_Killers_Capa_1024x510

Notas de rodapé:

Uma morte é contabilizada se:

  1. O personagem é morto na tela.
  2. O personagem morre fora da tela, mas a morte é confirmada ou presumida, por causa de uma cena que mostra sua morte iminente.
  3. Apenas mortes proeminentes fora da tela são listadas. (Proeminência é determinada pela importância do acontecimento para o enredo).

·  
Existem vários fatores a serem considerados, como a quem a morte deve ser atribuída (caso seja uma morte encomendada). E o pessoal do Washington Post abordou esses pontos. Recomendo fortemente que você, caso seja fã de Game of Thrones, passe um tempo navegando pelas áreas do guia, que pode ser acessado através deste link.

Comentários sobre como serão as próximas mortes da obra não são bem vindos nos comentários, para não estragar a surpresa. Mas fiquem à vontade para discutir sobre o que aconteceu até a última temporada.

relacionados


Comentários