Meio Bit » Hardware » Samsung Z1 excede expectativas: 100 mil unidades vendidas na Índia

Samsung Z1 excede expectativas: 100 mil unidades vendidas na Índia

Por essa nem a Samsung esperava: o Z1, primeiro smartphone a rodar Tizen vende mais de 100 unidades na Índia e mais aparelhos com o SO podem chegar em breve.

5 anos e meio atrás

samsung-z1

Nem a Samsung imaginava que o Z1, o primeiro smartphone a rodar o sistema operacional Tizen desse tão certo logo de cara na Índia e Bangladesh, os dois países em que está disponível no momento. Considerando que se trata de um SO completamente novo ele está dando resultados satisfatórios nesses países, o que pode levar a empresa a expandir a linha e lançar o aparelho em mais localidades em breve.

A informação veio do site BusinessKorea, que revelou dados interessantes do aparelho com o SO que tinha tudo para não deslanchar, segundo alguns. Há de se levar em conta obviamente que o Z1 é um dispositivo de entrada (SoC Spreadtrum SC7727S, dual-core Cortex-A7 com clock de 1,2 GHz e GPU Mali-400, 768 MB de RAM, display de 4″ com resolução de 800 × 480 pixels — 233 ppi — 4 GB de espaço interno expansível via micro-SD até 64 GB, câmera principal de 3,15 megapixels e frontal VGA, redes 3G, Wi-Fi e GPS, bateria de 1.500 mAh e Tizen 2.3) e apesar disso, características como a bateria de longa duração e o modo multitarefa têm sido muito elogiados. Isso sem falar no preço: ele chegou às lojas custando 5.600 rúpias, o equivalente a R$ 254.

Tais fatores foram cruciais para impulsionar as vendas: em Bangladesh ele vendeu 10 mil unidades na primeira semana, e até o momento mais de 20 mil cidadãos o adquiriram. Na Índia o resultado é ainda melhor: lançado por lá a pouco mais de um mês, ele vendeu até o momento 100 mil unidades, representando pouco mais de 1% do mercado mobile local.

É pouco? Claro que é, mas levemos em conta que a Samsung não contava com um número de vendas tão alto para o Z1. Em ambos mercados cerca de 7,5 milhões de smartphones são vendidos todos os meses, o que mostra que ele está indo bem apesar dos pesares.

A ideia agora é levar o Z1 para mais mercados emergentes: Nepal, Sri Lanka e Indonésia seriam os próximos países a receberem o smartphone com Tizen, sem falar na Rússia que pretende adotá-lo e ao Sailfish OS em detrimento do Android e iOS. Não obstante, o excelente resultado do Z1 pode ter motivado a Samsung a já começar a trabalha em seu sucessor, que especula-se terá alguns features melhores, como uma tela de melhor resolução.

Em tempo: não há previsão do Z1 aparecer por aqui e particularmente não boto fé de que ele venha para cá, um mercado onde os aparelhos Android de entrada da Samsung vendem bem, embora estejam sofrendo concorrência pesada da Motorola.

Fonte: BK via SM.

Leia mais sobre: , , , , , .

relacionados


Comentários