Meio Bit » Games » Nova Apple TV já em pré-venda no Brasil por um precinho especial

Nova Apple TV já em pré-venda no Brasil por um precinho especial

Nova Apple TV — a Maçã de Cupertino coloca seu micro-console em pré-venda no Brasil a preço altíssimo. Como console para games multiplataforma, a Apple TV 4 faria sucesso na civilização?

5 anos atrás

Laguna_Apple_TV_4th_gen

O tio Laguna entrou para o mundo da Maçã de Cupertino com o iPhone 4S no início de 2012 e com a Apple TV 3 ao final daquele mesmo ano. Ambos os aparelhos me serviram muito bem e foram comprados por preços relativamente justos: enquanto o smartphone me custou R$ 1.650, só paguei 220 reais no set-top box.

Mês passado tive meu iPhone furtado, mas nos 3,5 anos de uso ele me foi muito útil. Não posso dizer exatamente o mesmo sobre minha Apple TV: só tem me servido para assistir Netflix e Crunchyroll na minha boa TV burra e tocar as músicas de meu iTunes no meu velho aparelho de som, coisas de fim de semana mesmo.

Sendo pouco útil para mim, fiquei muito pouco empolgado com a nova Apple TV, no máximo me parece uma versão iOS tvOS dos micro-consoles Android. Por mais interessantes que estes tentem ser, não chegam perto da popularidade dos “consoles de verdade”. Ao menos os micro-consoles Android são quinquilharias descartáveis relativamente baratas, o que não é o caso da Apple TV no Brasil.

Laguna_Apple_TV_models

Precinhos camaradas dos modelos do Apple TV no Brasil (crédito: Apple Brasil)

Graças à alta do dólar, até o velho Apple TV de terceira geração aumentou de preço: foi de ridículos R$ 399 a imorais 599 reais. A quarta geração?

Começa em 1.349 reais, com o modelo de 32 GB que custa US$ 149 lá no mundo civilizado. A versão com 64 GB? Custa 400 reais a mais, ou 50 dólares Apple de diferença.

Detalhe: a versão brasileira da nova Apple TV não vem com o Siri Remote, vem apenas com um Apple TV Remote, a versão surda-muda. Ainda bem que a diferença entre os dois acessórios é apenas um update do tvOS. Só acho estranho que a Siri fale em bom português brasileiro apenas nos outros iGadgets: se o Brasil consta da primeira leva de países onde a caríssima Maçã de Cupertino lançará o novo set-top box, deveria vir com o Siri Remote logo.

http://www.youtube.com/watch?v=wGe66lSeSXgThe new Apple TV

Falando português ou não, o preço da nova Apple TV ainda é bastante elevado: vale mais a pena comprar um Nintendo Wii U, que possui melhores jogos por enquanto. Se bem que o Apple A8 com 2 GB de RAM conseguiria gerar gráficos pouco melhores que o tal console japonês de 8ª geração e provavelmente receberá por mês mais jogos multiplataforma que o Nintendo em todo o ciclo de vida.

Só não adianta a nova Apple TV gerar melhores gráficos que o Wii U tendo apenas pouco espaço disponível para os jogos: cada app no set-top box da Apple tem o instalador limitado a 200 MB e pode baixar binários temporários de até outros 2 GB. Esse streaming de jogo é, estranhamente, metade do que o iOS 9 suporta. A mídia física do pobre Wii U é um disco óptico customizado que pode caber os mesmos 50 GB de um Blu-ray de dupla camada.

Traduzindo: a nova Apple TV dependerá bastante de uma boa conexão de internet para carregar novos níveis/setores de determinado jogo, fora que a versão 32 GB com mais freqüência precisará apagar níveis/setores não-utilizados. Representa um bom desafio para os desenvolvedores de games. As grandes editoras têm cacife para retrabalhar os jogos com tais limitações, se a nova Apple TV fizer sucesso na civilização. No Brasil, o tio Laguna acha que não.

Leia também:

relacionados


Comentários