Meio Bit » Áudio e vídeo » Netflix on fire: meta é lançar 20 novas séries originais por ano

Netflix on fire: meta é lançar 20 novas séries originais por ano

Netflix não vai deitar sobre o próprio sucesso: meta do serviço de streaming é manter média de lançamento de 20 séries originais por ano

26/01/2015 às 9:30

oitnb

Quando a Netflix anunciou há pouco mais de dois anos seu plano de investir em conteúdo original, com Lilyhammer como a primeira obra, muita gente ficou com um pé atrás. “Como assim um canal de streaming vai lançar conteúdo igual — ou melhor — que as séries das grandes emissoras?” era um pensamento recorrente. Muitos acharam que não ia dar certo, menos a Netflix.

Hoje o formato é um sucesso. A audiência é enorme, a qualidade excepcional e isso se reflete em prêmios, muitos prêmios. E a Netflix já avisou que não vai pegar leve: a intenção é introduzir bastante material novo todos os anos.

A informação veio do próprio CCO da Netflix Ted Sarandos. O conteúdo original do Netflix hoje é bem vasto, indo desde séries voltadas mais para o público adulto como House of Cards, Orange is the New Black e Hemlock Grove (todas premiadas) a coisas mais amenas, como a animação infantil Turbo FAST. Há também os vários excelentes documentários, Como The Square, Mission Blue e E-Team. E o próximo alvo é o cinema.

Claro que a Netflix não é boba, parte do sucesso do formato se deu por apostar em conteúdo de nicho. Ao salvar Arrested Development o serviço conquistou a simpatia dos fãs da série, e não obstante mais foram resgatadas como Star Wars: A Guerra dos Clones e The Killing. Deu tão certo que o Yahoo! Resolveu seguir a cartilha, e após uma baita novela Community conseguiu uma casa para enfim viabilizar o plano “seis temporadas e um filme”.

marco-polo

E o conteúdo só melhora. Marco Polo é um desbunde, um deleite visual e a trama é muito boa. A produção é invejável, as locações, os detalhes, os figurinos custaram os olhos da cara e a Netflix dá risada com o sucesso, tanto que a segunda temporada já foi confirmada. A série mostra que o serviço não está para brincadeira e vem muito mais daqui pra frente.

Sarandos confirmou que a meta da Netflix é lançar ao menos 20 séries novas por ano, mirando em diversos perfis de espectadores de diversas partes do mundo. Em suas palavras, “não estamos tentando definir nosso público com apenas um show”.

daredevil

Esse é um plano para lá de ousado. Mesmo que a Netflix perca dinheiro com produções tão caras (ao menos é o que se acredita), o retorno em audiência e prêmios prova que o formato está funcionando, e concorrentes como o já citado Yahoo! e a Amazon estão correndo para fazer o mesmo. E vão precisar para se manter na briga, já que a parceria com a Marvel vai render frutos ainda este ano.

Fonte: V.

relacionados


Comentários