Meio Bit » Indústria » Microsoft pode limitar lançamentos de celulares a seis por ano

Microsoft pode limitar lançamentos de celulares a seis por ano

De acordo com fontes, Microsoft pode diminuir o foco nos lançamentos de dispositivos móveis, limitando-os a apenas seis modelos por ano

5 anos atrás

wpid-20150709wp-1436463909074.jpg

Então… a Microsoft anunciou mais um corte no seu efetivo onde 7.800 funcionários, a maioria da divisão mobile deverão ser demitidos para se somar aos 12.500 já dispensados em 2014. A empresa está cortando gastos aonde pode e o CEO Satya Nadella já deixou claro que “decisões duras deverão ser tomadas” a fim de resolver problemas em setores que não estão muito bem das pernas.

Os cortes indicam que Redmond pode estar reduzindo o foco da divisão mobile e do hardware em geral, preferindo se concentrar em soluções em software e computação na nuvem. Claro que o Windows Phone não vai morrer, mas Nadella já anunciou que mudanças estão a caminho.

Em e-mail publicado pela Microsoft, o executivo deixou claro quais são suas intenções para o mercado consumidor. Acompanhando o corte e a baixa contábil de cerca de US$ 7,6 bilhões na divisão de dispositivos móveis, Nadella revelou a mudança de direção “de uma estratégia para construir uma plataforma móvel standalone para um ecossistema Windows vibrante que inclui nossos dispositivos”.

Assim sendo a Microsoft vai limitar a oferta de celulares a três categorias: dispositivos de ponta “que os fãs vão adorar”, aparelhos para usuários corporativos “oferecendo a melhor experiência possível em gerenciamento, segurança e produtividade” e celulares de entrada, “que contenham os serviços de comunicação que os clientes desejam”. Não está claro se isso restringe os lançamentos somente à linha Lumia ou se os feature phones da Nokia estão nesse barco também.

Só que não para por aí. Com o corte abrupto de capital e mão-de-obra a Microsoft não estaria tão propensa a lançar uma cacetada de smartphones: segundo fontes internas a companhia vai limitar os lançamentos a seis aparelhos por ano, dois por categoria apenas. O plano seria posto em prática já, embora o mais certo seja que as limitações entrem em vigor em 2016. Isso porque a Microsoft já lançou seis aparelhos em 2015 (os Lumias 435, 532, 640, 640 XL, 430 e 540) e acredita-se que ainda podemos ver um novo aparelho high-end neste ano.

O mais provável é que a Microsoft espere o lançamento final do Windows 10 Mobile para anunciar novos modelos já com o sistema embarcado. Ele é aguardado para setembro e acredita-se que o primeiro dispositivo será o Lumia 940, sucessor direto do 930 e que viria com specs tão boas quanto como display Full HD de 5,2 polegadas; 3 GB de RAM, 128 GB de espaço interno, bateria de 3.250 mAh e câmera PureView de 25 MP com LED triplo. O SoC seria o Snapdragon 808 da Qualcomm, hexa-core de 64 bits com quatro núcleos Cortex-A53 de 1,4 GHz e dois A57 de clock de 1,8 GHz; além de GPU Adreno 418.

Por enquanto tudo isso não passa de especulações. Pode ser que o tal plano não seja posto em prática mas levando em conta o tanto de cortes que a divisão vem sofrendo, tal movimento da Microsoft não seria tão inesperado.

Fontes: Microsoft e Bloomberg.
Cupons de desconto Microsoft Store

relacionados


Comentários