Meio Bit » Games » Fãs poderão ajudar a Square a trazer jogos para o ocidente

Fãs poderão ajudar a Square a trazer jogos para o ocidente

De acordo com executivo da Square Enix, o financiamento coletivo poderia ser uma maneira de fazer com que mais jogos japoneses fossem localizados para o ocidente.

5 anos atrás

dragon-quest-x

Quantas vezes você ouviu alguma editora afirmando que um determinado game não seria lançado deste lado de cá do mundo porque o custo de uma localização seria alto demais? Essa desculpa se torna ainda mais plausível quando se trata de um RPG, afinal esse tipo de jogo costuma ter uma quantidade enorme de textos e por isso infelizmente ficamos sem ter a oportunidade de conhecer muitas ótimas produções.

Eis que para a alegria daqueles que admiram jogos criados no Japão, a Square Enix estaria estudando a possibilidade de recorrer ao financiamento coletivo para bancar os custos desse trabalho e quem falou sobre o assunto em uma entrevista à revista GameInformer foi o CEO da divisão europeia da empresa.

Acho que é uma ideia realmente interessante. Eu adoraria tentar e trabalhar com isso, encontrar uma maneira, porque em última estância, queremos satisfazer a demanda dos fãs,” afirmou Phil Rogers. “Também acho que os nosso fãs são bastante racionais. Eles entendem… sabem que é algo complexo ou muito caro, que não é tão simples quanto usar o Google Tradutor… Eu adoraria ver como faríamos isso funcionar.

No entanto, o executivo fez questão de deixar claro que o seu comentário não significa qualquer tipo de promessa, então pode ser que o plano não saia da gaveta e continuemos vendo alguns jogos sendo lançados no Japão e nunca darem as caras por aqui, o que sem dúvida é muito triste, mas compreensível.

Eu sinceramente não sei quais seriam os impedimentos legais para as empresas adotarem o que direi a seguir, se é que eles existem, mas sempre me perguntei porque, exceto por raríssimos casos (como este do The Witcher 2), os responsáveis pelos jogos nunca aproveitam as localizações criadas pelos próprios jogadores e basta uma rápida procura na internet para ver que diversos títulos um pouco mais antigos só estão disponíveis em português porque grupos de jogadores se dispuseram a fazer esse trabalho.

Felizmente hoje em dia termos jogos na nossa língua se tornou algo relativamente comum e se a Square Enix cogita a possibilidade de lançar alguns jogos no ocidente financiando coletivamente suas localizações, será que eles não teriam ainda mais sucesso se disponibilizassem os arquivos de textos para a comunidade?

Fonte: Polygon.

relacionados


Comentários