Meio Bit » Games » Amiibos, a nova galinha dos ovos de ouro da Nintendo

Amiibos, a nova galinha dos ovos de ouro da Nintendo

Nintendo revela que já vendeu mais de 2 milhões de Amiibos e indica que teria encontrado uma nova galinha dos ovos de ouro.

6 anos atrás

amiibo

Após ver as vendas do Wii U não decolarem e a pressão aumentar consideravelmente sobre a empresa, alguns executivos da Nintendo deram declarações garantindo que eles usariam outras maneiras para explorar as muitas marcas famosas da empresa e uma das estratégias seria lançar pequenas figuras que incrementariam os jogos, os Amiibos.

Tais bonequinhos seguiam o mesmo conceito daqueles lançados já há algum tempo por Activision e Disney, o que fez muitas pessoas defenderem que a BigN estava chegando tarde demais à festa, porém, a aposta está começando a dar resultado, já que o sucesso dos Amiibos tem aumentado consideravelmente.

Embora não tenha dado números precisos, um relatório divulgado pela Nintendo revelou que a quantidade de bonecos vendidos foi praticamente o dobro das 1,3 milhão de cópias do Super Smash Bros. for Wii U, o que serve para termos uma boa ideia da popularidade das miniaturas.

Podendo servir para desbloquear personagens em alguns jogos ou até como uma espécie de memory card, onde por exemplo manteremos guardadas informações sobre a evolução dos nossos lutadores em títulos como o próprio Super Smash Bros., os Amiibos se comunicam com o console através da tecnologia NFC (Near-Field Communication), mas o que realmente parece estar conquistando os fãs é a possibilidade de colecioná-los.

Vendidos nos Estados Unidos por apenas US$ 12,99; muitas unidades tornaram-se bastante difíceis de serem encontradas e por isso não é raro nos depararmos com algumas delas custando pequenas fortunas em sites de leilões, principalmente aquelas que vieram com defeitos de fábrica, podendo até ultrapassar alguns milhares de dólares.

Como era de se imaginar, aqui no Brasil dificilmente encontramos Amiibos por menos de R$ 100, o que torna a criação de uma coleção algo muito mais complicado do que gostaríamos e o pior é que a debandada da Nintendo indica que este cenário não deverá mudar tão cedo.

Independentemente das dificuldades enfrentadas pelos brasileiros ou da escassez de alguns modelos, a BigN deverá continuar enchendo os cofres graças as vendas dessas miniaturas, mesmo porque novos bonecos continuarão sendo lançados e sempre que isso acontecer, vários fãs deverão investir na sua aquisição.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários