Meio Bit » Baú » Hardware » Xiaomi é pega cometendo uma gafe pior que a da Nokia

Xiaomi é pega cometendo uma gafe pior que a da Nokia

E a Xiaomi não se emenda: empresa roubou fotos com copyright e afirmou em seu site que se tratavam de imagens capturadas pela câmera do smartphone Mi3

04/08/2014 às 14:01

xiaomi-mi3

Quem leu meus últimos textos pensa que eu pego no pé da Xiaomi além da conta, mas a verdade é que eu acho a empresa dona de aparelhos interessantes e com potencial para morder uma boa participação no mercado brasileiro quando ela enfim chegar aqui, só que ela abusa da boa vontade. Apesar de ser uma companhia grande, ela parece ter incorporado o espírito da China que copia os outros descaradamente, e a última que ela aprontou deixa bem claro que de séria ela não tem nada.

Há não muito tempo a Nokia passou por um papelão quando o The Verge desmascarou uma propaganda do Nokia 920, que ressaltava como o recurso de estabilização da câmera do smartphone era incrível, o que levava a crer que ela era linda, maravilhosa e que para ser perfeita só faltava fazer café. Como o site bem apurou, o vídeo em questão não era realizado pelo aparelho, mas por um cameraman portando uma câmera tradicional, e contando até com um spot de iluminação. O pior: lançado o aparelho, todos constataram que a Nokia NÃO precisava disso, o 920 era plenamente capaz de realizar uma filmagem perfeita e o stunt só serviu para deixar a empresa finlandesa feia na foto (pun not intended).

Agora foi descoberta uma marmotagem similar da Xiaomi, só que envolvendo o Mi3, seu top de linha anterior que foi um fenômeno de vendas na China. De acordo com John Gruber do Daring Fireball, a empresa roubou imagens com copyright de fontes como 500px, Flickr e até National Geographic, e utilizando-as como se fossem tiradas pela câmera do aparelho. Como pegou mal ela tratou de atualizar o site rapidinho, mas o screenshot ficou (clique para ampliar):

xiaomi-fail-001

Isso é muito ruim. Independente do Mi3 possuir ou não uma câmera decente, nada justifica o fato de roubar imagens de terceiros e dizer que elas foram feitas pelo seu dispositivo, isso é uma mentira das mais grossas. Por essas e outras que fica difícil defender a empresa de Hugo Barra, porque o ideal seria ela se comportar como o Oppo, que está brigando pelo lugar ao Sol com unhas e dentes, ao invés de mentir e copiar produtos e estilos dos outros na cara dura.

Fonte: DT.

relacionados


Comentários