Meio Bit » Hardware » Ucrânia apela ao crowdfunding de drones de vigilância

Ucrânia apela ao crowdfunding de drones de vigilância

Num movimento curioso, população da Ucrânia financia através de crowdfuding tropa de dez drones para uso militar; modelos farão a vigilância das fronteiras

6 anos atrás

peoples-uav

Nós aqui do MeioBit adoramos drones. Desde os grandes e poderosos aos minúsculos e fofos, passando por diversos usos divertidos e interessantes. Entretanto a percepção geral dos drones pela opinião pública é que eles são crias de Satã, ferramentas para usos malignos como vigilantismo e espionagem ou por "tarados" e em muitos casos, são tratados à bala. Só que o pessoal da Ucrânia, que tem problemas bem maiores com os quais lidar resolveu que não só eles podem ser úteis, como financiá-los para uso militar é uma boa ideia.

Depois de Putin deixar de fingir ser bonzinho e tomar a Crimeia, a situação por lá não anda nada boa. Grupos de separatistas pró-Rússia entraram em conflito há pelo menos dois meses com o governo de Kiev, desejando voltar a pertencerem ao território russo. Faz sentido, porque boa parte do leste da Ucrânia, assim como a Crimeia é composta por cidadãos de origem russa, que não se vêem como ucranianos. O ato de anexação da península por Moscou foi o impulso que precisavam para tentar se separar do país. A coisa na Ucrânia está de tal forma complicada que o governo pediu por assistência à população: o orçamento militar anual é de apenas US$ 1,9 bilhão, e o Ministério de Defesa tem apelado aos cidadãos para que eles doem dinheiro necessário para equipar e treinar as tropas, de modo a repelir os separatistas.

Foi o que levou à criação do People's Project, um site de crowfunding para fins militares idealizado por Dmitri Tymchuk, oficial da reserva ucraniana, jornalista e blogueiro. Atualmente ele trabalha ligado ao Centro de Pesquisa Política e Militar de Kiev a través de seu projeto ele já conseguiu financiar uma tropa de paraquedistas e equipamentos de comunicação. A mais nova empreitada foi recolher os fundos necessários para o desenvolvimento inicial de 10 drones, chamados de People's UAV. O projeto inicial visava recolher cerca de US$ 36 mil, o que foi superado em cerca de 675 dólares. O drone em questão é até modesto - possui velocidade máxima de 120 km/h e autonomia de uma hora, o que é bem fraco em comparação a outros modelos de drones. Entretanto, a intenção é desenvolver aparelhos baratos e que podem ser postos para voar imediatamente.

Apesar da campanha ter sido um sucesso, o grupo reconhece que isso é apenas o começo, serão precisos centenas deles para patrulhar as fronteiras a contento. Mas ao menos a campanha provou que em determinadas situações, a população não vê drones como um problema tão grande.

Fonte: AT.

relacionados


Comentários