Meio Bit » Games » PS4 ultrapassa a marca de 10 milhões de consoles vendidos

PS4 ultrapassa a marca de 10 milhões de consoles vendidos

Abrindo cada vez mais distância: Sony já vendeu mais de 10 milhões de unidades do PS4 em nove meses, contra pouco mais de 5 milhões do Xbox One

14/08/2014 às 8:31

ps4

É, a Microsoft tem motivos de sobra para investir em games exclusivos do Xbox One, ainda que temporários. A Sony anunciou que as vendas do PS4 e de suas mídias estão de vento em popa: o console inclusive mantendo a margem de 2 para 1 contra o rival de Redmond.

Durante a Gamescom 2014, a empresa japonesa divulgou um comunicado acerca das vendas do PS4 e dos games físicos nos nove meses em que ele está presente no mercado. Sem muita surpresa, o console da Sony continua fazendo o da Microsoft comer poeira, pois já ultrapassou a marca de 10 milhões de unidades vendidas em todo mundo. A título de comparação, estimativas indicam que o Xbox One mal passou das 5 milhões. Claro, em sua defesa o console ainda não foi lançado em mercados como Japão e China, embora ele corra o risco de sofrer do mesmo problema de seus antecessores na terra dos samurais: a resistência por parte dos compradores por não ser um produto japonês e pela plataforma ser associada ao público otaku. Mas ao menos a Microsoft terá a China e mais 23 territórios à sua escolha.

As vendas de games também não ficam atrás. Desde seu lançamento até agora, 30 milhões de cópias dos games do console, entre físicos e digitais já foram vendidos. A estimativa é esse número só aumentar, ainda mais com títulos como Destiny, GTA V, Metal Gear Solid V: The Phantom Pain e outros mais distante, como Silent Hills estarem a caminho. A Sony também pretende expandir a experiência do PS4 introduzindo novos recursos como o Share Play, uma funcionalidade que estenderá o Remote Play a amigos que estejam jogando online: ao ativá-lo duas pessoas em lugares diferentes podem compartilhar o jogo, como se estivessem sentados lado a lado e revezando a posse do joystick.

A Sony tem tudo para se manter na liderança da oitava geração, enquanto que a Microsoft vai ter que se esforçar para ao menos alcançar a rival. Já a Nintendo… bem, ela mesma não parece preocupada com essa situação, então…

Fonte: PR.

Leia também:

relacionados


Comentários