Meio Bit » Hardware » Exynos 7 Octa, o novo chip de 64 bits da Samsung

Exynos 7 Octa, o novo chip de 64 bits da Samsung

Samsung apresenta o Exynos 7 Octa, a nova geração de seu SoC de 64 bits que promete realizar tudo aquilo que seu antecessor não conseguiu

6 anos atrás

samsung-exynos-7-octa

Enquanto o Google revela o Android 5.0 Lollipop e a Apple apresenta seus novos iPads e Macs a Samsung, sempre ela decidiu que também quer atenção. Só que podemos dizer que tal exigência é até justificada, pois ela anunciou nesta quinta-feira o Exynos 7 Octa, sua nova família de SoCs octa-core de 64 bits, fabricados com litografia de 20 nanômetros somente.

Com quatro núcleos Cortex-A57 e mais quatro Cortex-A53, a Samsung garante que o desempenho em relação ao Exynos 5 Octa será 57% maior (o desejo de distanciar ambas as gerações teria sido o motivo de saltar a nomenclatura do 5 para o 7, tal como a Microsoft fez com o Windows 10), além de consumir menor energia, o que se reflete em dispositivos mobile que durem mais tempo longe das tomadas e carregadores portáteis. A tecnologia big.LITTLE Heterogeneous Multi Processing (HMP) empregada no Exynos 7 Octa permite que os núcleos só sejam ativados quando necessário, assim como ganhos em áreas como reconhecimento de rostos e retina, processamento multimídia e etc.

A GPU contida no SoC é a Mali T760, com melhorias gráficas de até 74% em relação ao T628MP6 do Exynos 5 Octa. Ela suporta telas com resolução de 2560 x 1440 e 2560 x 1600 pixels, bem como a capacidade de capturar fotos e vídeos em HD de ambas câmeras ao mesmo tempo, tudo isso sem gastar muita energia. E por fim também será possível transferir conteúdo em 4K diretamente para TVs sem esforço.

A Samsung não revelou o clock final do chip, mas ele será adicionado numa versão do Galaxy Note 4, no lugar do Exynos 5433. Resta saber se a Sammy acertou dessa vez e se ele será o chip 64 bits que a companhia esparava que o anterior fosse.

Fonte: S.

relacionados


Comentários