Meio Bit » Hardware » Rumor: Microsoft pode lançar versão free do Windows 8.1 focada no Bing

Rumor: Microsoft pode lançar versão free do Windows 8.1 focada no Bing

Segundo rumores, Microsoft planeja lançar versão leve e gratuita do Windows 8.1 focada no Bing e seus serviços focando em PCs baratos e máquinas antigas

28/02/2014 às 14:15

windows-8-1

A Microsoft não está contente com a fraca expansão do Windows 8 e 8.1. Preocupada com o iminente fim do suporte do Windows XP (em partes), ela está usando de todas as suas armas para convencer usuários antigos a migrarem para PCs mais potentes e com isso trocarem o sistema operacional. Ela inclusive apelou para os técnicos da família, os populares "sobrinhos" que sempre trabalham por um chope e dois pastéis para que eles fossem os responsáveis pelo trabalho sujo, mas não tem dado muito certo.

A bem da verdade a resistência dos usuários mais antigos se dá por dois motivos: em primeiro lugar eles não pensam em trocar algo que "está funcionando", e segundo: o SO da Microsoft sempre foi caro. Só que se por um lado ela nunca ligou para o Linux, por outro ela tem outro fantasma que assombra os corredores de Redmond: Mac OS X de graça. Não só pela extinção do custo, mas pelo fato que até um usuário do 10.6 Snow Leopard foi beneficiado, enquanto que só é possível atualizar para o Windows 8 através do 7 - e ainda assim desembolsando uma boa grana.

Por isso a Microsoft estaria desenvolvendo um plano alternativo para resolver todos os problemas de uma vez. Segundo fontes próximas à empresa, uma versão resumida de seu SO chamada Windows 8.1 com Bing, focada em seu motor de busca e seus próprios serviços (algo como o Chrome OS) estaria em desenvolvimento, mirando o mercado de PCs baratos e a migração de aparelhos mais antigos. Com isso ela estaria concorrendo diretamente com o Google, promovendo suas próprias soluções mobile e permitindo que parceiros lancem computadores competitivos em relação aos Chromebooks. O Google estaria estudando uma forma de emular programas executáveis no Chrome via nuvem, o que poderia atrair muitos usuários para o os de Mountain View ao fim do suporte do XP.

Embora ele não seja o alvo, é óbvio que um Windows gratuito afetaria a expansão do Linux no desktop. Mesmo que o W8 seja radicalmente diferente em relação ao 7, ele ainda é um sistema da Microsoft, a Área de Trabalho ainda está lá, programas antigos em sua maioria continuam compatíveis. Usuários de XP são resistentes À mudanças, e entre abraçar um SO novo e engolir um Windows reformulado, fatalmente escolheriam a segunda opção.

Claro, tudo isso são apenas rumores, e mais novidades podem aparecer em abril na conferência BUILD, que entre outras coisas pode ser o evento onde a Microsoft poderá revelar o Windows Phone 8.1, a assistente virtual Cortana e até mesmo uma nova versão do Windows. É esperar para ver.

Fonte: The Verge e ZDNet.

relacionados


Comentários