Meio Bit » Games » Quer criar as fases do seu próprio game? A Sony liberou uma ferramenta open-source pra te ajudar!

Quer criar as fases do seu próprio game? A Sony liberou uma ferramenta open-source pra te ajudar!

Sony lança ferramenta open-source para que você crie os mapas e fases do seu próprio game. Mas os requisitos para utilizar o produto são, digamos... não ortodoxos.

6 anos atrás

image_324508_fit_940

Se você é desses que se pergunta coisas como "quem diria que um dia iríamos ficar sabendo que a Sony está oferecendo uma produto de código aberto", eu entendo a linha de pensamento por conta de uma política linha dura de capitalismo (destes porcos imperialistas mesmo sendo japoneses {leia com a voz do personagem comunista do Adnet}), mas preciso te lembrar de algumas coisas.

As versões customizadas do Android que a empresa enfia nos Xperia™, estão disponíveis em todos seus builds, com você pode ver neste link.

Ela tem, em seu GitHub, ferramentas abertas como implementação WebGL, Apk Analysers, AOSP do Xperia™, códigos de interfaces de usuário experimentais focadas em games, um ATF (Authoring Tools Framework) feito em C# e outras traquitanas digitais bem interessantes.

Lembro também do ImageWorks, software com diversos recursos open-source de criação de efeitos visuais, usado em filmes como Guardiões da Galáxia, O espetacular Homem Aranha, Capitão América, entre outros. Confira aqui o que a galera anda fazendo com ele. E agora, meus amigos, chegou a vez dos game developers serem agraciados pela gigante japonesa.

Isso por que a Sony anunciou o lançamento do Level Editor, um programa de código aberto que permite que você, em sua casa, possa criar mapas, fases completas e campanhas para games.

Este software foi criado à partir do Authoring Tools Framework citado acima, em C#, usando DirectX 11 para renderizar ambientes em 3D.

O programa tem uma interface WYSIWYG (o que você vê é o que você pode usar) e o usuário pode aplicar objetos, editar propriedades, terrenos para praticamente qualquer uma das grandes Game Engines existentes no mercado.

atf-1

Fantástico, né? Pois é, mas como estamos falando de algo aberto assim, nem tudo são rosas. A instalação do Level Editor não é na base do Next-Next-Finish. Para fazê-lo funcionar, você precisa baixar o código do repositório, e possuir uma série de pré-requisitos não tão populares:

  • Sistema Operacional: Microsoft Windows 7, 32-bit ou 64-bit (SP1 ou superior, quando e se for lançado)
  • Microsoft .Net com framework 4.0 (ou superior)
  • DirectX SDK especificamente de junho de 2010. Download aqui.
  • Se você tiver o Platform Update do Windows 7 instalado, será necessário seguir os passos descritos neste artigo do Microsoft Knowledgebase.

Resumindo aqui o artigo, é preciso usar o Windows 8 SDK, no Visual Studio 2012 (ou superior), ou o Remote Tools também do Visual Studio 2012, tanto x86 quanto x64.

Mais detalhes sobre o Platform Update do Windows 7 neste link. A parte irônica de tudo isso é que, pra rodar um software muito legal da Sony, Open-Source, você precisa possuir todos esses softwares proprietários da Microsoft.

Ainda assim, eu acho muito legal ver uma iniciativa como essa e, pra quem conseguir fazer o Level Editor funcionar, será possível colocar as mãos em uma plataforma que foi usada para construir as fases e sequências de cena de produtinhos singelos.

Coisa boba... tipo Last of Us da Naughty Dog ou Killzone da Guerrilla Games.

O negócio é fantástico. Dá pra usar editar tudo no cenário, alterar as definições dos objetos, a lógica por trás de suas ações e até um iPad para controlar os volumes dos diversos canais de som do jogo.

Pra conhecer mais sobre o ATF, assista o vídeo abaixo:

Authoring Tools Framework Overview

Fontes: Gamasutra e CVG.

relacionados


Comentários