Meio Bit » Games » O cinema nos levando a uma viagem pela história dos arcades

O cinema nos levando a uma viagem pela história dos arcades

Site publica vídeo que traz diversas cenas de filmes que mostram como eram os arcades nas décadas de 70, 80 e 90. Uma verdadeira viagem no tempo!

03/09/2014 às 17:00

Steven-Spielberg

Hoje sendo pai, consigo entender muito bem porque em um determinado momento o meu me proibiu de frequentar fliperamas, mas mesmo reconhecendo que aqueles estabelecimentos eram verdadeiros antros, gosto de lembrar com saudosismos as muitas histórias que presenciei naqueles lugares.

Acompanhar embates épicos entre bons jogadores era quase como participar de uma aventura, afinal, ou as máquinas estavam localizadas em lojas especializadas, que mais serviam como ponto de encontro para delinquentes, ou se encontravam no fundo de botecos da pior espécie, locais obviamente desaconselhados para crianças e adolescentes.

Os tempos mudaram, com um pouco de sorte hoje só conseguimos encontrar arcades em shoppings e a nova geração nunca saberá como os antigos fliperamas ajudavam a formar caráter. Por isso, só podemos agradecer ao The Huffington Post por ter compilado diversas cenas encontradas em filmes que mostravam como era visitar um daqueles lugares e por mais que a realidade americana seja diferente do que vivíamos nos bairros brasileiros das décadas de 80 e 90, acho que o vídeo será suficiente para despertar boas memórias em muita gente.

E aproveitando que estamos falando de arcades, sugiro que você dê uma olhada neste artigo publicado pelo site SlashFilms, onde o autor fala sobre a paixão do cineasta Steven Spielberg por essas máquinas, o que inclusive o levou a montar uma coleção e até ser um dos donos da GameWorks, uma rede de bares/restaurantes voltados para os gamers e que assim como a maioria das lojas desse tipo, acabou falindo.

O post também é interessante por trazer algumas fotos do diretor ainda bem jovem ao lado de gabinetes lendários, como por exemplo esta que está no início deste texto, o que mostra que a admiração de Spielberg pelos games é algo bem antigo.

Update: Outro que vale a pena ser assistido é um vídeo que o Matheus Gonçalves recomendou, onde temos 20 minutos de cenas em que diversos personagens aparecem, jogando videogame.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários