Meio Bit » Áudio e vídeo » Netflix entrará na arena dos talk shows com Chelsea Handler

Netflix entrará na arena dos talk shows com Chelsea Handler

O céu é o limite: não contente em produzir séries, Netflix lançará seu primeiro talk show exclusivo em 2016, capitaneado pela apresentadora Chelsea Handler

20/06/2014 às 11:01

chelsea-handler

A Netflix provou para a indústria tradicional da televisão que produzir conteúdo original e fornecê-lo fora do círculo tradicional é algo completamente viável. Ao pular o atravessador que são as emissoras, o produtor de conteúdo pode controlar exatamente quantos espectadores assistiram o programa/filme/episódio/desenho animado, lhes permitindo tomar suas decisões em cima de dados concretos. Para quem vive a mentira do índice Nielsen (que sequer considera mais de uma televisão por residência), esse formato é um pesadelo.

Depois da Netflix apresentar filmes e documentários próprios, além das séries House of Cards, Orange is the New Black e Hemlock Grove, ela conseguiu reviver Arrested Development e fechou contrato com a Dreamworks o que resultou na série animada Turbo FAST. Pode conferir, a lista de conteúdo original da Netflix é bem grandinha. Qual seria o próximo passo?

Se a Netflix já conta com séries, filmes, documentários e animações exclusivas, o que falta para se equiparar a um canal de TV ao menos em conteúdo é um talk show. E isso já está encaminhado, já que ela anunciou um contrato com a atriz e comediante Chelsea Handler, que acaba de sair do canal E!, onde comandava um programa de entrevistas. Entretanto a novidade não entrará no ar tão logo: a previsão é que o programa entre no ar no início de 2016 e seja exibido globalmente. Handler disse através de um comunicado que "para continuar nesse ramo (de talk shows) ela precisava inovar, e como como eu queria andar com a galera mais popular colégio, eu fui atrás da Netflix para descobrir se eles eram assim, e minhas suspeitas foram confirmadas". Já a Netflix está empolgada em fornecer um talk-show para seu público livre das restrições de horário.

Ainda que seja uma aposta interessante, a jogada da Netflix é um tanto arriscada pelo fato que Chelsea Handler ser conhecida por não ter freio na hora em que emite suas opiniões. De qualquer forma a estreia de Handler na Netflix se dará antes do talk-show: até o fim do ano um stand-up especial inspirado em sua turnê pela Uganda será exibido, e em 2015 ela comandará uma série de documentários humorísticos sobre diversos temas. É esperar para ver.

Fonte: GOM.

relacionados


Comentários