Meio Bit » Hardware » MWC 2014: Snapdragon 610, 615 e 801, os novos SoCs da Qualcomm

MWC 2014: Snapdragon 610, 615 e 801, os novos SoCs da Qualcomm

Qualcomm revela novos SoCs de 64 bits Snapdragon 610 e 615, bem como o Snapdragon 801, atualização do chip mais presente em dispositivos de ponta

6 anos e meio atrás

qualcomm-snapdragon

A Qualcomm tomou um baita revés com o Snapdragon 802, o SoC dedicado a TVs e seto-top boxes que foi anunciado na CES 2014 e morreu na semana passada por falta de demanda. Basicamente ele seria similar demais ao onipresentes 800, e investir em uma licença para um chip dedicado (e provavelmente mais caro) não despertou interesse nenhum por falta de fabricantes.

Se ela não deu sorte no mercado de TVs, no mundo mobile a história é outra. Seus chips são os preferidos dos fabricantes de smartphones e tablets Android, sendo o Snapdragon 800 atualmente o best-seller da companhia quando se trata de dispositivos de ponta. Só que novos tempos pedem processadores mais poderosos, e agora ela anunciou os primeiros processadores de 64 bits de alta performance Snapdragon 610 e 615, além do Snapdragon 801, uma versão revista do seu SoC de maior sucesso.

Os chips Snapdragon 610 e 615 seguem a mesma linha do Snapdragon 410, o primeiro SoC da Qualcomm com arquitetura de 64 bits, um quad-core que mira no mercado de dispositivos de entrada e permite que tais aparelhos contem com 4G/LTE. Ambos novos chips foram construídos usando o processo de litografia de 28 nanômetros e contam com GPU Adreno 405, compatível com DirectX 11.2, OpenCL 1.2 e OpenGL ES 3.0 além do modem permitir conectividade 4G.

As diferenças ficam por conta dos núcleos: o 610 é um quad-core compatível com o 410, o que permitiria que fabricantes o substituíssem sem problemas (desde que o preço seja semelhante). Já o 615 é um octa-core que segundo a Qualcomm trabalhará com uma variação da técnica big.LITTLE MP da ARM, que já é utilizada no MediaTek 8135 e que a Samsung promete para breve: em situações de estresse o chip pode utilizar todos os cores em uníssono.

Já o Snapdragon 801 é uma atualização do 800 e já está presente em alguns aparelhos, como o Xperia Z2 e o Z2 Tablet da Sony e o Galaxy S5 da Samsung. Ele vem equipado com uma CPU Krait 400 de clock mais elevado, são 2,5 GHz contra 2,26 GHz do 800. A GPU permanece a Adreno 330, porém o clock subiu de 550 MHz para 578 MHz. A me´mória é dual-channel LPDDR3 de 32 bits, porém o bus saltou de 800 para 933 MHz.

Como ele é totalmente compatível com o Snapdragon 800 a tendência é que ele se torne o principal chip dos dispositivos de alto desempenho, e como já vimos alguns dispositivos revelados durante a MWC 2014 já o estão utilizando. Se o preço for similar, o ganho de performance que ele permite justifica sua adoção. Já os chips de 64 bits serão disponibilizados aos fabricantes no terceiro trimestre, e a previsão é de que os primeiros dispositivos equipados com eles cheguem ao mercado durante o quarto trimestre.

Fonte: CoA, aqui e aqui.

relacionados


Comentários