Meio Bit » Games » Custo tem impedido localização do Dragon Quest VII

Custo tem impedido localização do Dragon Quest VII

Se você ainda está esperando o lançamento do Dragon Quest VII para 3DS no ocidente, é bom começar a procurar outra coisa para jogar, pois isso não deverá acontecer.

6 anos atrás

dragon-quest-7

Por gostar muitos de RPGs, houve uma época em que sempre que um novo jogo do gênero era anunciado no Japão, minha maior preocupação era se ele seria trazido para o ocidente. Por ser títulos repletos de textos, nunca gostei de jogá-los sem entender o que estava acontecendo e conforme a indústria cresceu, imaginei que esse problema acabaria. Ledo engano.

Ainda hoje é comum vermos games que estão disponíveis apenas em japonês e um desses casos é o  Dragon Quest VII, remake lançado para o 3DS em fevereiro de 2013. Desde então os jogadores ocidentais tem clamado pela localização da aventura, mas de acordo com uma declaração dada por Noriyoshi Fujimoto durante a Penny Arcade Expo, isso não deverá acontecer.

Em termos do Dragon Quest VII, há muito texto há ser traduzido e recebemos muitos pedidos e bastante respostas positivas em relação ao jogo, mas infelizmente, temos que considerar o custo e a mão de obra necessária para lidar com a enorme carga de textos.

A declaração do produtor pode ser interpretada como uma desculpa esfarrapada, afinal estamos falando de uma empresa gigantesca, no entanto, há de se levar em consideração que o título em questão é famoso justamente por ser um dos maiores da série e com mais textos.

Lançado originalmente para o primeiro PlayStation, o curioso é que este capítulo chegou a ser lançado nos Estados Unidos, mas na opinião de Fujimoto, a versão para o portátil da Nintendo teria que ser traduzida novamente para se adequar às mudanças por qual a franquia passou desde então, o que na minha opinião é um pouco de exagero.

Para ser sincero, esse tipo de decisão sempre me deixa com a sensação de que falta um pouco de força de vontade por parte das editoras, mas por outro lado, me parece evidente que se eles tivessem certeza de que as vendas seriam boas, não teria por que não lançar o jogo por aqui.

Fonte: Siliconera.

relacionados


Comentários