Meio Bit » Internet » Amazon adquire plataforma de HQs digitais Comixology

Amazon adquire plataforma de HQs digitais Comixology

Amazon entra na seara dos quadrinhos ao adquirir a Comixology, a principal plataforma de consumo de HQs digitais do cenário mobile.

11/04/2014 às 9:31

ms-marvel

E a fome da Amazon parece não ter limites. Na ânsia de atender todos os públicos possíveis ela vem gastando bastante nos últimos tempos, vide a aquisição do estúdio Double Helix, o que em tese levará jogos de qualidade à plataforma Kindle. A fireTV é um set-top box que permitirá o acesso do acervo da Amazon Instant Video e seus futuros games (talvez exclusivos) na sua TV, e claro, não esqueçamos da aquisição do conceituado Washington Post. Que outro conteúdo seria interessante?

Pois é, quadrinhos. Quem possui um tablet sabe o quão legal é consumir seus gibis ou mangás favoritos e além disso, levar uma pilha deles para todo lugar. Apps como o Comic Zeal são excelentes, mas a grande maioria não tem saco para baixar e fazer upload de trocentos arquivos .cbz, e com isso aplicativos que vendem gibis se destacam. O Comixology é de longe o melhor, com um acervo de fazer inveja a qualquer banca: DC, Marvel, Image, Dynamite, autores independentes... tá tudo lá. Pois bem, a Amazon anunciou ontem que adquiriu a plataforma por um valor e detalhes não revelados; a única coisa que se sabe é que a transação será concluída até o segundo semestre.

Sobre o que a Amazon fará com o Comixology só podemos especular, mas algo interessante para donos de tablets Kindle (e até mesmo de e-books, ler HQs em preto-e-branco não é nada tão estranho quando você se acostuma com mangás) seria liberar parte de seu acervo no Amazon Prime, serviço que permite vantagens exclusivas aos usuários dos Estados Unidos como entregas sem frete em até dois dias, acesso a mais de 40 mil filmes e mais de meio milhão de livros, ao custo de US$ 99 por ano.

O VP da Amazon para Aquisição de Conteúdo e Publicações Digitais David Naggar disse o seguinte sobre a aquisição:

Nós admiramos há muito tempo a paixão da Comixology em mudar o modo que compramos e lemos quadrinhos e graphic novels. (…) Estamos ansiosos para investir nesse negócio, expandir a equipe e juntos, levar as HQs para mais leitores.”

Isso é algo que a Amazon vai permitir ao Comixology: escala. Ainda que seja o app de quadrinhos mais popular contar com o apoio de sua nova dona ela terá potencial para não só se tornar mais popular, mas para convencer quem ainda resiste aos quadrinhos digitais em detrimento da versão física. Bezos conhece seu público, e se ele oferecer quadrinhos com planos atraentes eles vão embarcar. É aguardar para ver.

Fonte: The Verge.

P.S.: a imagem que abre o post é do recente terceiro volume da Ms. Marvel. Agora que Carol Danvers é a nova Capitã Marvel a editora entregou seu antigo codinome para Kamala Khan, uma adolescente imigrante paquistanesa (sim, muçulmana) que se descobre uma shape-shifter e tem que lidar com os problemas da idade, com seus novos poderes e as questões culturais e religiosas de seu povo. Vale a conferida, é uma das melhores coisas que a Casa das ideias publica em anos.

relacionados


Comentários