Meio Bit » Fotografia » Adobe Creative Cloud — fora do ar por 24 horas

Adobe Creative Cloud — fora do ar por 24 horas

E ontem o serviço Creative Cloud da Adobe enfrentou problemas de acesso deixando todos os usuários sem acesso à suas contas. Turbas enfurecidas tomaram a internet por conta disso.

6 anos atrás

cc-down

Lembram quando a Adobe decidiu mudar o seu formato de fazer negócios e passou seu principal produto, o Photoshop, de um modelo de instalação para um de disponibilidade na Nuvem? Muita gente não gostou do negócio por se sentir preso a uma assinatura mensal. A Adobe lançou várias explicações para toda a mudança, e uma delas era facilitar a atualização do programa para os usuários e, também. tornar mais complicada a pirataria. A questão da Pirataria caiu por terra pouco tempo após o lançamento da nova suite, pois já tinham versões craqueadas rodando pela mundo dos torrents, e a aceitação dos consumidores não foi muito positiva. As reações em fóruns e listas de discussão foram tão negativas que a Adobe teve que fazer um comunicado oficial explicando a decisão. De um modo geral, tirando os mimimis, o serviço foi bacana. Você dilui o pagamento da licença em um contrato de 18 meses e tem a possibilidade de escolher apenas aquilo que você vai utilizar. No caso dos fotógrafos é possível fazer um pacote com o Photoshop e o Lightroom. Os programas podem sofrer atualizações drásticas ao longo deste tempo, o que faz com que você esteja utilizando sempre um produto novo. Sem falar nas promoções com preços bem bacanas (até mesmo para brasileiros) para aderir ao serviço.

Porém, também existe um lado negativo, que se mostrou no dia de ontem para os usuários do Creative Cloud. O serviço simplesmente caiu, impossibilitando que os clientes acessassem suas contas e inviabilizando qualquer atividade. Por um bom tempo a Adobe não soube informar a duração da interrupção dos serviços. A única declaração da empresa era de que o problema já havia sido identificado e que estavam fazendo tudo para resolve-lo o mais rápido possível. Atualizações eram informadas constantemente na conta do twitter da empresa e uma página de ajuda foi criada para orientar os consumidores.

No momento, ao que parece, o serviço voltou ao normal. Embora a empresa tenha sido rápida em orientar os usuários do Creative Cloud sobre o problema e que estavam trabalhando para normalizar o acesso, e também pelo fato de que tudo durou pouco mais de 24 horas, a repercussão foi extremamente negativa no mundo virtual. Pessoas estão bradando ódio e destruição nos fóruns especializados. Se fosse na época medieval teríamos fogueiras em praça pública. Sei que tempo é dinheiro e grandes empresas se utilizam do Photoshop para campanhas publicitárias extremamente caras, mas esse é um problema que todo serviço on-line pode apresentar. Agora faz parte de nosso cotidiano.

Fonte: Dpreview.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários