Meio Bit » Internet » Google Street View atualiza imagens do Japão dois anos após tsunami

Google Street View atualiza imagens do Japão dois anos após tsunami

Novas imagens mostram o processo de recuperação das áreas afetadas pelo terremoto seguido de tsunami que atingiram a costa nordeste no Japão em 2011.

04/09/2013 às 16:55

google_street_view_japao

É muito pouco provável que haja algum leitor do Meio Bit que não se recorde da catástrofe natural que ocorreu no Japão em março de 2011, quando milhares de pessoas perderam as suas vidas, outras milhares nunca foram encontradas e dezenas de milhares de desabrigados após um terremoto de magnitude 8,9; seguido de tsunami, devastar a costa nordeste do país.

Em junho do mesmo ano, o Google enviou carros do Street View para registrarem os estragos gerados pelo desastre e, no começo deste ano, uma nova rodada de captura de imagens foi feita na mesma região. Nesta quarta-feira, a empresa anunciou a disponibilização das novas imagens, que foram captadas ao longo dos últimos meses. Segundo o Google, o objetivo da empresa não era o de simplesmente registrar a destruição, mas fazer um “antes e depois” mostrando a capacidade de recuperação do Japão.


Google Maps — Memories of the Future: Tohoku region

Ao todo, o serviço está disponibilizando a atualização de imagens de 17 cidades desde a captura feita após o desastre. “Ao disponibilizarmos estas novas imagens no Google Maps, esperamos que as pessoas do Japão e de todo o mundo possam explorar virtualmente as cidades e entender melhor como os governos locais estão trabalhando para reconstruir as casas e as vidas dos moradores”. Todas as imagens já estão disponíveis no projeto Memórias para o Futuro e poderão ser consultadas por todos os usuários.

Infelizmente, não consegui ler o texto divulgado pelo Google e escrever este texto que você está lendo sem me pegar fazendo, por diversas vezes, a mesma pergunta: e se fosse no Brasil? Por todo o descaso que, sucessivamente, temos visto por parte dos nossos governantes (vide a tragédia em Nova Friburgo também em 2011), não haveria muita diferença entre as imagens da época e as de hoje.

Fonte: Google.

relacionados


Comentários