Meio Bit » Hardware » Empresa japonesa produz mechas voltados para crianças

Empresa japonesa produz mechas voltados para crianças

Empresa japonesa criadora do Landwalker demonstra modelos de mechas (robôs pilotáveis) voltados para as crianças.

7 anos atrás

Crianças pilotando robôs gigantes... onde foi que eu vi isso antes?A Sakakibara-Kikai é uma empresa fabricante de robôs industriais velha conhecida dos geeks, pois foi ela que apresentou em 2006 o primeiro protótipo de tanque bípede do mundo (não, não é o Metal Gear) chamado Landwalker, um colosso de 3,40 m de altura, uma tonelada de peso e que possui um visual bem similar ao AT-ST ou ao ED-209, mas nem de longe a mesma mobilidade de ambos.

Até acrescento que chamar o mecha de bípede é forçar muito a amizade, já que ele não consegue levantar os pés do chão, apenas desliza através de rodinhas, porém possui articulações como de pernas normais. Obviamente a intenção não foi dar utilidade real à ele (até porque ele é bem desengonçado), mas apenas para fins de entretenimento, e eu diria que o Landwalker cumpre bem essa função.

Esse vídeo é um dos melhores - uma demonstração do tanque para crianças do ensino fundamental:

Fora esse mecha (que custa 300 mil dólares, se estiver interessado), a empresa resolveu desenvolver versões para crianças. Em 2010 eles demonstraram o Kid's Walker, uma variação em menor escala voltada para entreter os pequenos (ou treiná-los, afinal é o Japão, nunca se sabe), que se movimenta da mesma maneira que o Landwalker, deslizando os pés:

E agora eles voltaram com um modelo aperfeiçoado, o Kid's Walker NT, que conta com um diferencial importante: uma broca gigante no braço esquerdo! Claro, é só um brinquedo, apesar de que ele ainda pode causar alguns acidentes, pois sempre há o fator "ser humano" no meio.

Assim como seu antecessor, o piloto pode mover levemente os braços e acionar a garra direita e a broca esquerda, sem movimentos muito exagerados. É o tipo de coisa que crianças (e adultos) fariam de tudo para ter em casa e assustar os vizinhos. E considerando que a versão anterior custava US$ 20 mil, é melhor juntar uns bons trocados antes de pensar em dá-lo de presente ao seu filho (e a você mesmo, claro) .

Fonte: PopSci.

relacionados


Comentários