Meio Bit » Fotografia » Projeto Silicon Film - 10 anos depois.

Projeto Silicon Film - 10 anos depois.

Vocês se lembram do Filme Fotográfico Digital? A proposta não deu certo há dez anos atrás, mas agora querem colocar ela para funcionar novamente. Será que vai dar certo?

7 anos atrás

Sim meus amigos, ainda existem ecos deste projeto, e a coisa toda já faz mais de 10 anos. Vamos relembrar o caso? Quando as câmeras fotográficas digitais se tornaram tecnicamente viáveis (pois existia muita dúvida se os sensores fotográficos realmente seriam capazes de entregar um produto com qualidade) o preço dos equipamentos era um absurdo. Comprar uma das primeiras SLR digitais era para poucos endinheirados. A maioria dos profissionais tinha que se contentar em continuar com suas câmeras de filme (em alguns casos era até melhor) ou cair na categoria das prosumers, câmeras compactas com características profissionais, que foi a salvação da lavoura para muita gente (alguém se lembra da Sony F808 ou da Fuji S9000?).

SiliconFilm

Foi nesse cenário que surgiu o Projeto Silicon Film com uma proposta muito interessante. Em vez de ter que comprar uma nova câmera reflex digital, o fotógrafo poderia aproveitar o seu equipamento antigo e colocar apenas um pequeno acessório no local do filme. A ideia era interessante. Um pequeno acessório em que tomaria o lugar do filme fotográfico e teria acoplado um sensor fotográfico. O equipamento seria construido com um sensor de 1 polegada, o que daria à câmera um fator de corte de 2,6x, com resolução de 1,3 megapixels. As imagens seriam armazenadas na memória interna do acessório que seria capaz de guardar 26 fotos. Outro fator importante é que a empresa prometia a possibilidade de fazer 300 fotos com uma carga de bateria. Existem diversos fatores que levaram o Silicon Film a nunca sair do papel. Entre eles temos a questão do visor ótico da câmera que visualiza o quadro full frame em um sensor com fator de corte, e também a ausência de um visor LCD para ver as fotos, bem como a necessidade de abrir a câmera para mudar o ISO e o balanço de branco. Uma ideia interessante que nunca chegou a ser comercializada.

Porém, e sempre tem um porém, essa proposta as vezes ressurge das cinzas. Quem está com uma proposta muito parecida é o inventor e fotógrafo James Jackson que está tentando arrecadar 199 mil Euros para colocar em produção o filme digital denominado Digipod. Ele está arrecadando dinheiro através do site Indiegogo e faltando apenas 37 dias para finalizar a arrecadação o projeto não está nem perto de sair do papel. O DigiPod simula um filme fotográfico, inclusive com a necessidade de puxar o a alavanca de avanço da câmera para preparar o próximo quadro. O tamanho do sensor é um mistério, pois vai depender do número de unidades que o projeto conseguir fabricar. Se chegar a 5 mil unidades o brinquedo vai ter um sensor de 4/3 polegadas. Embora seja um brinquedo bacana, prevejo nele todos os problemas citados acima com o Silicon Film. Será que vai emplacar?

digipod

P.S. Tem um vídeo interminável explicando o projeto. Quem tiver coragem é só dar play.

Fonte: Dpreview e FotoActualidad

 

relacionados


Comentários