Meio Bit » Hardware » Project Loon, do Google, poderá ser testado no Brasil em 2014

Project Loon, do Google, poderá ser testado no Brasil em 2014

Project Loon, projeto lançado pelo Google que pretende levar Internet aos lugares mais remotos, deverá ser testado no Brasil no primeiro semestre de 2014.

7 anos atrás

Balão do Project Loon lançado na Nova Zelândia (Imagem: Google)

Balão do Project Loon lançado na Nova Zelândia (Imagem: Google)

Que o Brasil é, normalmente, um dos últimos quando se trata de lançamentos ou de testes de novidades, acredito que todos os leitores sabem perfeitamente disso. Na semana passada, por exemplo, a Apple liberou uma lista de mais de 60 países que receberão os novos iPhones até o começo de novembro e, claro, o Brasil ficou de fora dela. Infelizmente, a Apple não é exceção entre as empresas que deixam o país de fora e o Google está entre elas, com muitos de seus produtos e serviços ficando muito longe da terra tupiniquim. Mas, espante-se, parece que as coisas poderão mudar (para melhor) em breve.

De acordo com o Link, o Brasil poderá receber, no começo de 2014, o Project Loon, projeto lançado pelo Google em meados de junho que promete levar Internet através de balões, que ficarão a 20 km de altitude, aos lugares mais remotos do planeta. Em uma reunião entre o Ministro das Comunicações Paulo Bernardo e Mohammad Gawdat, VP mundial de Inovação Google, ocorrida na última quarta-feira, a ideia é iniciar os testes ainda no primeiro semestre do ano que vem. “Pedi para fazerem um piloto para testarmos no ano que vem, de preferência no primeiro semestre”, disse o Ministro. “Vamos testar o funcionamento com o pilotos. Se funcionarem, estudaremos autorizar a operação deles ou acertar uma parceria. Depende do modelo que adotarmos”.

Confesso que fiquei muito contente e surpreso com a notícia. Sabemos quão grande é o nosso país e de toda a dificuldade que há para levar, a todos os cidadãos, coisas “simples”, como energia elétrica. Se o teste piloto realmente sair do papel e tiver bons resultados, o Brasil poderá estar na vanguarda de um novo meio de conexão, que poderá ultrapassar todos os limites continentais (e a falta de vontade de muitos) que o nosso território impõe a boa parte da sociedade brasileira.

relacionados


Comentários