Meio Bit » Games » Para presidente da EA, nova geração será capaz de levar Mirror's Edge 2 a um novo nível

Para presidente da EA, nova geração será capaz de levar Mirror's Edge 2 a um novo nível

Presidente da Electronic Arts diz que agora é o momento ideal para trzer Faith de volta

28/06/2013 às 15:00

gogoni-mirrors-edge

Após inúmeros pedidos dos jogadores, Faith está voltando correndo e pulando por cima dos prédios e voltará em Mirror's Edge 2, um novo game para PCs e a próxima geração dos videogames. Apesar de num primeiro momento a Electronic Arts ter mantido a DICE ocupada apenas com Battlefield, não é totalmente verdade que a empresa não tenha gostado do primeiro Mirror's Edge (mesmo ele não tendo vendido muito, o que o configura como um game cult) e não tivesse uma sequência em mente.

Segundo o presidente da empresa Frank Gibeau, agora é o momento certo de trazer Faith de volta, graças a tudo que o PS4 e o Xbox One tem a oferecer:

"Eu acho que o momento agora é o ideal porque temos uma ideia muito boa, nós temos uma boa história planejada. Com tudo que a nova geração possui, nós podemos recriar a magia de correr pelos telhados e de experimentar um ponto de vista diferente, através da Faith.

Performance, animação, todas essas tecnologias disponíveis na próxima geração, além do poder de processamento extra serão capazes de levar Mirror's Edge para o próximo nível. Nós sempre pensamos nisso, mas agora com várias coisas se juntando - a história certa, o time de desenvolvedores certo, as ferramentas de hardware certas - nos motivou a levar o projeto adiante."

Com essas declarações fica um tanto evidente que o game realmente não aparecerá na geração atual, pois a EA considera que o hardware não é capaz de vai entregar a experiência que eles querem. Como a DICE está desenvolvendo um game de mundo aberto, é de se imaginar que apenas os novos consoles e o PC sejam os indicados a recriar a sensação de novidade que todos tivemos com o game original.

Agendado para "quando estiver pronto", Mirror's Edge 2 será um "reboot" e mostrará os motivos que levaram Faith a se rebelar contra o sistema que ela enfrenta no game original.

Fonte: IGN via VG24/7.

relacionados


Comentários