Meio Bit » Indústria » Pânico (falso) do dia: os metais usados para fazer celulares estão acabando!

Pânico (falso) do dia: os metais usados para fazer celulares estão acabando!

Como não dá pra fazer matéria todo dia sobre NSA, Drones, Hackers Malignos e asteroides, a mídia precisa achar novos motivos para pânico. A bola da vez? Uma hipotética escassez de materiais usados para construir gadgets. Leia e descubra porque não devemos priar cânico.

10/12/2013 às 15:55

deepspacenine

Terok Nor - estação kardassiana de processamento de minério, afinal nada mais lógico do que escavar no planeta, levar pro espaço e então processar.

O dia começa com uma péssima notícia para os diabéticos. Sabe aquela fitinha do medidor de glicose? A parte dourada é feita de ouro. Um metal raro, um recurso não-renovável e limitado. NENHUM ouro é produzido na Terra, ele vem de supernovas. Isso quer dizer que em algum momento o ouro vai acabar, vão parar de fazer fitinhas e todos os diabéticos VÃO MORRER!

Comprou esse pânico? É, nem eu, mas é equivalente ao que este artigo da Ars Technica tenta passar. O texto fala de uma pesquisa que identificou 62 elementos usados em chips de computadores, vários deles raros e caros. Em seguida o autor fala (dãã) que eles são finitos, enquanto nossa demanda aumenta. O artigo monta um cenário apocalíptico onde ficaremos sem gadgets, por causa de uma hipotética escassez de material.

Ele não coloca muita ênfase em reciclagem, pois ela já existe, vai muito bem, obrigado, milhões de toneladas de lixo eletrônico é enviado anualmente para Índia e China, onde os metais são separados e reciclados. É uma das vantagens de elementos químicos, você não consegue, facilmente, destruir um átomo. A não ser que use Excalibur, mas ninguém aqui leu Camelot 3000.

Um dos materiais alardeados são as chamadas Terras Raras, que de raras não têm nada. Imagine que eu tenha 100 g de açúcar e 1 tonelada de cocaína. Como bom gordo, eu quero separar meu açúcar do resto inútil. Se eu tenho um tubo de 10 m, com o açúcar em cima, é fácil, mas se eu misturo os dois e espalho em um campo de futebol, fica inviável em termos de custo separar os dois.

As terras raras são BEM abundantes mas estão espalhadas uniformemente na crosta terrestre, então você precisa minerar muito pra conseguir pouco. Não é que vão acabar, apenas são caras.

Descontando o material que cai na Terra na forma de fragmentos de cometas, meteoritos e naves alienígenas derrubadas pelos reptilianos, o planeta é um sistema fechado. Não são só gadgets, até o oxigênio que respiramos é um recurso finito, limitado e não-renovável.

OK, então os elementos não vão acabar nunca?

starcraft

What could possibly go wrong?

Claro que vão. A maior parte - 99 vírgula um monte de zeros porcento dos metais da Terra estão inacessíveis, a milhares de km de profundidade. Nós sobrevivemos com material recente, trazido por meteoros nas últimas centenas de milhões de anos. Um dia teremos explorado todas as montanhas, exaurido as reservas ainda intocadas do fundo do mar, e então será a vez de voltar às origens: ao invés de esperar que os meteoros caiam na Terra, iremos atrás deles, o que garantirá milhões de anos de material.

E nem falamos de colônias de mineração na Lua, Marte e no cadinho do Sistema Solar, Io, a Lua Vulcânica de Júpiter.

De tempos em tempos surgem campanhas alarmistas. Antes dos elementos que compõe iPhones, era o petróleo, que vem acabando desde que foi descoberto. Antes ainda, a madeira iria desaparecer. Não duvido que alarmistas egípcios alertassem contra o consumo excessivo de pedras para pirâmides.

Alguns materiais são caros? Com certeza, mas é preciso entender que a produção industrial vai muito além de celulares e iPads. Assim como petróleo vai muito além de gasolina. Toda nossa indústria é projetada em torno da petroquímica. Neste momento há uma chance quase total de você estar segurando algo derivado de petróleo, seja um mouse, uma maçaneta ou um Jack Rabbit. (eu estou segurando um mouse)

Eu sei que rende muito mais manchete anunciar o apocalipse mobile, gera todo um senso de urgência nas pessoas, dá assunto pra mesa de bar, mas não funcionamos assim aqui no Meio Bit. Portanto, fique tranquilo. A Apple e a Samsung não vão ficar sem material para construir seu próximo brinquedo. No dia que isso acontecer já estaremos minerando asteróides e nossa única preocupação será com os zumbis alienígenas de Dead Space.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários