Meio Bit » Games » Microsoft acabou com as luzes vermelhas mas arrumou outro supervilão

Microsoft acabou com as luzes vermelhas mas arrumou outro supervilão

Problemas no leitor de discos são relatados por usuários do Xbox One nos primeiros dias após o lançamento do console.

25/11/2013 às 17:30

novo_garoto_propaganda_xbox_one

Então é isso. Os dois consoles da nova geração estão ai e milhões de pessoas já compraram o seu. Contrariando todas as previsões de que os consoles estariam mortos, Microsoft e Sony venderam 1 milhão de unidades de seus novos videogames em apenas 24 horas. Ainda bem que esses analistas de consoles são os mesmos que prevêem o fracasso de produtos da Apple.

No dia 22 de novembro saiu o Xbox One e a briga dos consoles finalmente começou.  Só que, como era de se esperar, começaram a pipocar pela internet uma série de problemas afetando o novo console. Só que, ao contrário do que você achou (ou não dado o spoiler do título do post), o problema não é relacionado a superaquecimento.

A Microsoft fez questão de alardear de todas as formas possíveis que os consumidores não iriam ver no Xbox One as Red Lights of Death de seu antecessor. Como comentei no post anterior, a empresa do tio Ballmer colocou um cooler obsceno e saídas de ar gigantes em seu novo aparelho para evitar esse tipo de problema. E conseguiu, pois não houve ainda nenhum registro de superaquecimento.

Só que o pessoal de Redmond estava mesmo disposto a trazer novas ideias para o Xbox One. Inovou na rede online, na publicidade, na abordagem e também nos problemas do console.

Se você está acompanhando o lançamento, já deve ter ouvido falar do erro que está sendo chamado de “Disc Drive of Doom”. Ao inserir um disco de jogo, o drive parece que está mastigando o jogo e não reconhece o disco. Veja o vídeo abaixo para entender o problema:

Apesar do barulho não há relatos de que o disco esteja sendo danificado, ele apenas não é reconhecido pelo aparelho. A Microsoft informou que é um problema isolado e que ainda não sabe o que está causando-o.

Outros defeitos também estão sendo relatados em menor escala como estática no headset, boots repentinos e até um erro de atualização, gerando o código "E100", demandando que o usuário envie seu console para a assistência técnica.

Me impressiona como determinados problemas passam desapercebidos. Sei que se a proporção for pequena (como é o caso dos problemas do PS4 também) é difícil identificar tudo que pode acontecer mas me chama atenção como só agora, depois dos consoles nas lojas, é que estejam pintando essas ocorrências, visto que diversos sites no mundo inteiro receberam os aparelhos antecipadamente.

De qualquer forma, todos esses problemas eram esperados, lançamento de consoles sempre foi essa loucura de erros e defeitos. Essas notícias servem mesmo para resistirmos à tentação de parcelar o novo console em 10x sem juros e acabar tendo dor de cabeça.

Fonte: IGN.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários