Meio Bit » Miscelâneas » Propaganda mobile do LG G2 sacaneia donos de Galaxies, iPhones e HTCs

Propaganda mobile do LG G2 sacaneia donos de Galaxies, iPhones e HTCs

Campanha sueca da LG exibe ads em smartphones da concorrência que provocam o dono com as desvantagens do aparelho, o aconselhando a comprar o G2

7 anos atrás

lg-g2-ad-001

Vamos combinar uma coisa: banner de propagandas não são a coisa mais criativa, e quando pulamos para o mobile ainda há a restrição do espaço, tentando não ser intrusivo ao máximo. Uma boa propaganda vende seu produto nos primeiros cinco segundos (no caso do YouTube) ou prende a atenção pela curiosidade.

Entretanto uma agência sueca chamada M&C Saatchi realmente conseguiu criar uma campanha para o LG G2 até que interessante: um banner que detecta o modelo do aparelho e de acordo com o resultado, exibe um ad que provoca o usuário com uma mensagem dedicada, incentivando a comprar o top de linha da empresa coreana.

Por exemplo: se o aparelho for um iPhone, o banner exibirá a mensagem "está difícil ler isto (a mensagem) no seu iPhone?", fazendo pouco da estratégia da Apple de não abraçar modelos com telas maiores, sendo a última a lançar smartphones top com não mais do que quatro polegadas, e lembrando que o G2 possui uma tela 5,2 polegadas. Caso seja um HTC One o banner mira na bateria, dizendo "cansado de carregar seu HTC One?", lembrando que o G2 posui uma bateria com 30% mais capacidade (3.000 mAh contra 2.300 do top da HTC). Quanto ao Galaxy S4, a propaganda lembra que o processador do LG G2 (um Snapdragon 800, quad-core de 2,3 GHz que também equipa o Note 3) é 20% mais rápido que o Snapdragon 600, ao perguntar "esperando seu Galaxy atualizar?"

lg-g2-ad-003

lg-g2-ad-002

IMHO a propaganda é original e criativa, pois trabalha com a velha regra de "o meu é melhor que a concorrência". A única reclamação que pode vir a existir são dos donos dos aparelhos acima citados, que não duvido virem a sentir ofendidos pela brincadeira. Mas como sempre não é nada pessoal, só negócios.

Fonte: AdAge.

relacionados


Comentários