Meio Bit » Miscelâneas » Governo britânico envia quase 40 mil SMS para “expulsar” estrangeiros ilegais (e alguns legais) de suas terras

Governo britânico envia quase 40 mil SMS para “expulsar” estrangeiros ilegais (e alguns legais) de suas terras

Projeto britânico usa o envio de mensagens de texto por telefonia celular, sugerindo que imigrantes ilegais retornem para seus países de origem, evitando assim sofrerem as medidas cabíveis.

7 anos atrás

message

É, parece que os políticos da terra da Rainha estão cada vez mais empenhados em limpar os países, principalmente a Inglaterra, da presença de toda persona non grata (para evitar aqui o uso da palavra xenofobia). A Capita, à serviço do governo britânico, enviou cerca de 40.000 mensagens de texto com a seguinte mensagem:

“Aviso da Agência de Imigração do Reino Unido: você está intimado a se retirar do Reino Unido, já que você não tem mais direito de permanecer aqui.”

Ao menos 400 pessoas reportaram às autoridades que elas receberam as mensagens, mesmo estando com todos os documentos em dia e tendo amplo direito de estar alí. E isso inclui cidadãos britânicos. Segundo funcionários da Agência, isso não criou nenhum problema, pois depois que estas pessoas – que receberam as SMS por engano – passaram por uma vistoria completa de papelada, provas e documentos, elas não foram deportadas. Já as que não conseguiram provar a legitimidade dos documentos foram educadamente convidadas e se retirar, sem direito à recusas.

Segundo Theresa May, Secretária de Assuntos de Imigração do Governo, e uma das representantes do Partido Conservador, a ideia das mensagens de texto não partiu dela. Assim como nenhum dos ministros confirmou a participação na contratação de caminhões guiados pelas ruas de bairros mais carentes de Londres com enormes anúncios em outdoors com os dizeres: “Está no Reino Unido ilegalmente? Volte para casa ou você será preso.

The text message programme follows a pilot of van advertising telling illegal immigrants to go home

Mark Harper, que também é membro do Partido Conservador, do Parlamento e que ocupa a cadeira de Ministro do Estado para Imigração, disse à BBC ontem que o caso das vans com os banners está sendo analisado. Mas deixou claro sua opinião à respeito:

Eu não vejo nenhum problema em dizer para as pessoas que não têm direito de estarem no Reino Unido que elas não podem mais ficar aqui. Se der certo [a mensagem surgir efeito e os imigrantes ilegais forem embora], a gente pode tirar o projeto de atividade. Se não, não.” - disse ele.

Oookay. Bom, vamos aos números precisos do caso das SMS: um total de 39.100 mensagens de textos foram enviadas, como parte do contrato entre o Governo e a Capita, que busca encontrar 58.800 indivíduos que podem ter perdido o direito de estarem na parte de dentro das fronteiras.

Uma coisa bacana a citar sobre o caso: a existência deste programa de avisos por SMS só foi revelado por causa de uma requisição à partir do Ato de Liberdade de Informação (Freedom of Information Act), que dá aos cidadãos o direito de solicitar a qualquer organização do setor público todas as informações registradas por eles sobre qualquer assunto.

E você, qual sua opinião sobre o isso? Acha que mandar SMS para os imigrantes ilegais pode funcionar? Acha que isso pode ser caracterizado como algum tipo de xenofobia? Ou pra você, se tá ilegal, que volte pro seu país de origem?

Deixe sua opinião nos comentários abaixo.

Fonte: The Guardian.

relacionados


Comentários