Meio Bit » Games » E3 deste ano não terá grande conferência da Nintendo

E3 deste ano não terá grande conferência da Nintendo

De forma surpreendente, Nintendo revela que não terá uma grande conferência na E3.

7 anos atrás

nintendo-e3-25.04.13

Quando as principais conferências da E3 do ano passado acabaram, a única coisa que passava pela minha cabeça é que a edição de 2013 não poderia ser pior, mas talvez eu estivesse enganado. Feiras como essa são os momentos mais esperado pelo jogadores, onde as empresas mostram, ou melhor, deveriam mostrar, muitas novidades e infelizmente há uma boa chance de que isso novamente não aconteça.

O indício de que as fabricantes de consoles não darão muito atenção para o evento já havia sido dado por Sony e Microsoft, quando ambas anunciaram seus novos videogames antes da E3 deste ano e agora chegou a vez da Nintendo revelar, durante uma reunião com investidores, que tentará uma nova investida.

Nela o presidente Satoru Iwata avisou que a BigN não realizará uma grande apresentação na feira, já que esse tipo de evento abriga um variado grupo de pessoas, como jogadores, distribuidores e analistas, com cada um deles buscando um tipo diferente de informação e para a companhia japonesa, transmissões pela internet como a Nintendo Direct já são o suficiente para satisfazer a demanda por informações por parte dos gamers.

Por isso eles acreditam que o melhor é realizar apresentações menores durante a E3, quando esperam focar na exibição de jogos e embora um evento para distribuidores e outro para a mídia esteja programado, o executivo não deverá discursar, o que para muita gente deverá até soar como um ponto positivo.

Eu sinceramente não sei se esta é a decisão acertada, principalmente porque a situação do Wii U não é das melhores e não ter uma conferência de grande porte pode passar a impressão de que a empresa não tem muito para mostrar, o que obviamente faria com que vários compradores em potencial desistissem de investir no console.

De qualquer forma, se for para ficar uma pessoa enrolando por mais de uma hora no palco e esgotando nossa paciência, talvez seja melhor não fazerem nada mesmo, ainda mais se Sony e Microsoft nos bombardearam com jogos tecnicamente muito mais poderosos do que o Wii U será capaz de rodar. Assim pelo menos a Nintendo evita um confronto direto.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários