Meio Bit » Games » Como a comunidade está melhorando os jogos para PC

Como a comunidade está melhorando os jogos para PC

Austríaco que melhorou o Dark Souls para PC volta a fazer o “trabalho sujo”, dessa vez no Deadly Premonition e levanta a questão: por que as empresas tratam tão mal os jogadores de PC?

7 anos atrás

Deadly-Premonition

Quando falamos da maneira como os jogadores podem alterar os games para PC, a primeira coisa que vem à nossa cabeça são as as criações que modificam profundamente o produto original, mas algo que pode ser considerado ainda mais importante é tempo que algumas pessoas dedicam para tornar determinados games ainda melhores.

Um ótimo exemplo disso pôde ser visto recentemente quando a Namco lancou o Dark Souls nos computadores e diante da impossibilidade de aproveitar o game com uma resolução maior, Peter “Durante” Thoman encarou o desafio, criando um arquivo que corrigia o problema.

O rapaz logo ganhou uma certa notoriedade e ao descobrirem que o mesmo acontecia com o Deadly Premonition: The Director’s Cut, alguns usuários do NeoGAF pediram sua ajuda e menos de 24 horas após o surgimento do game no Steam, o patch de Durante já nos permitia jogar com resoluções acima de 720p.

No caso do jogo criado por Hidetaka Suehiro, que nem suporte a joystick possui, Durante ainda incluiu a possibilidade de ativarmos o anti-aliasing e substituirmos as texturas, num trabalho que já lhe consumiu cerca de 70 horas e sem ter lhe rendido um centavo.

Há de se mencionar também a dedicação dos fãs para fazer com que títulos mais antigos funcionem em widescreen, como por exemplo o excelente site WSGF, ou os muitos arquivos de configuração criados para programas como o Xpadder ou o Pinnacle Game Profiler, que nos permitem jogar com controle mesmo aqueles games que originalmente não possuem suporte a tal recurso.

Agora, toda essa dedicação é elogiável e serve para mostrar que existem muitas pessoas dispostas a sacrificar suas horas de folga para ajudar os outros, mas é o outro lado? Por que as empresas não se dedicam mais para nos entregar produtos melhores?

No caso dos jogos mais antigos, é até compreensível esse desinteresse por parte dos estúdios, mas temos que lembrar também que boa parte desses títulos continuam sendo vendidos e muitas vezes somos obrigados a recorrer a fóruns ou outros sites para ter acesso a uma experiência melhor.

Quando se trata do lançamentos mais recentes então, a situação se torna ainda mais vergonhosa e me faz pensar em até que ponto se trata de uma redução de custos ou uma pura picaretagem, afinal, porque investir tempo e dinheiro na lapidação de uma conversão para PC, sendo que logo algum fã fará o trabalho sujo para ele?

Fonte: Game|Life.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários