Meio Bit » Ciência » Cientistas desenvolvem interface cérebro-máquina sem fios

Cientistas desenvolvem interface cérebro-máquina sem fios

Pesquisadores da Brown University tiveram sucesso em criar o primeiro implante cerebral portátil e recarregável capaz de controlar máquinas à distância, sem fios.

7 anos atrás

neo-wakes-up-within-the-matrix

Uma das reclamações de muita gente que viu Matrix era como o Neo conseguia se comunicar com a Matrix, sem estar conectado fisicamente a ela. Reclamação essa vinda de gente com celular, Wi-Fi em casa, SKY, radinho de pilha…

O Trope de que comunicação entre cérebro e computadores precisa ser via link físico é antigo, e é cientificamente real, pois não valia à pena desenvolver interfaces sem-fio para equipamentos de teste, além de não haver tecnologia miniaturizada o suficiente.

Agora já há, a tecnologia robótica já está bem avançada, e em mais alguns anos uma interface sem-fio será necessária para garantir mobilidade para milhares de Cyborgs, que antes chamávamos de deficientes e provavelmente teremos que chamar de Sr.

Para garantir isso um pessoal da Universidade Brown criou a primeira versão de uma interface cérebro-computador sem-fio, encapsulada em titânio, com carregamento por indução, bateria interna, transmissor e autonomia de 6 h.

A interface coleta dados de 100 eletrodos implantados no cérebro de porcos e macacos, e os transmite a uma velocidade de 24 Mb/s, consumindo 100 miliwatts. Veja os raios-x:

neoquerbanana

Claro, o implante ainda precisa ser miniaturizado, e talvez todo interno, mas aí é um simples problema de engenharia, que quando resolvido tornará melhor a vida de gente como esta mulher:

O trabalho pode ser lido na íntegra neste link (cuidado, PDF)

Fonte: ET.

relacionados


Comentários