Meio Bit » Hardware » Amazon atualiza sua linha de tablets com os novos Kindle Fire HDX

Amazon atualiza sua linha de tablets com os novos Kindle Fire HDX

Amazon lança a nova linha de tablets Kindle Fire HDX, com processador Snapdragon 800 e o “Botão Mayday”, serviço de suporte gratuito e ilimitado, a qualquer momento!

7 anos atrás

kindle-fire-hdx

Confirmando informações vazadas anteriormente, a Amazon acaba de atualizar sua linha de tablets ao revelar os novos Kindle Fire HDX, dispositivos de 7 e 8,9 polegadas que receberam um senhor upgrade de tela e principalmente de processador, ao trocar a Texas Instruments pela Qualcomm.

Jeff Bezos tem sido uma fonte de dores de cabeça constante para o Google lá fora: a linha Fire HD vende que nem água, sendo seus tablets os concorrentes diretos da linha Nexus. Ele agora resolveu pegar pesado, mirando a Apple e sua Retina Display, e por isso a linha HDX conta em ambas versões com o processador quad-core Snapdragon 800 da Qualcomm, com clock de 2,2 GHz, além de 2 GB de RAM e um display com resolução de 2560 x 1600 pixels na versão de 8,9 polegadas. Já a versão de 7 polegadas ficou com a resolução até então utilizada por seu irmão maior, de 1920 x 1200 pixels. Além disso ambos modelos ficaram mais finos e leves.

Entretanto uma das maiores atrações do Kindle Fire HDX se refere a serviços: a Amazon introduziu o "botão Mayday", um serviço de suporte personalizado que funciona 24/7 e por tempo ilimitado, segundo a empresa.

http://www.youtube.com/watch?v=PFYHF1w8w3g

Se esse serviço funcionar de forma ao menos próxima como nos comerciais e realmente não expirar, realmente será algo impressionante. A Amazon não confirmou se o novo recurso estará presente nos modelos antigos; seu porta-voz se limitou a dizer que "a empresa tem um longo histórico de trazer novos recursos para dispositivos antigos sempre que possível", o que pode significar qualquer coisa.

A pré-venda já começou: o lançamento oficial é no dia 2 de outubro e os preços começam em US$ 229 para o modelo de 7 polegadas e US$ 379 para o de 8,9". Ambos possuem versões com 16, 32 ou 64 GB de armazenamento, conexão somente Wi-Fi ou com 4G/LTE e podem ser adquiridos com ou sem propagandas da Amazon. A empresa ainda aproveitou para atualizar o atual Fire HD de 7 polegadas, substituindo seu processador por um mais veloz de 1,5 GHz com um preço inicial de US$ 139.

Quem quiser adquirir um terá que apelar para o amigo do exterior, já que a Amazon ainda não fala nada sobre lançar seus tablets por aqui e não os envia para o Brasil.

Fonte: Ars Technica.

relacionados


Comentários