Meio Bit » Games » Terroristas estariam usando games para orquestrar ataques

Terroristas estariam usando games para orquestrar ataques

20/03/2012 às 9:07

dori_cod_20.03.12

Buscando um pouco mais de sensacionalismo, o tabloide inglês The Sun publicou uma matéria onde afirma que, visando manterem-se escondidos, terrorista estariam usando os games como uma nova ferramenta para organizarem futuros ataques.

Os extremistas islâmicos sabem que os policias monitoram telefonemas, e-mails e mensagens online, então eles ligam seus Playstations e Xboxes para continuar seus terríveis planos secretos. Os gamers podem juntar-se a grupos para jogar uns com os outros e – crucialmente – conversar de forma privada,” diz um trecho da matéria. “Uma vez conectados a um ‘lobby’ usando uma senha, eles utilizam um headset Bluetooth e conversam seguramente com conspiradores no mesmo local.

De acordo com os autores do artigo, David Willets e Tom Wells, os jogos utilizados pelos terroristas para trocarem uns tiros enquanto planejam onde causarão o caos seriam o Call of Duty, Halo e Medal of Honor, que inclusive estariam sendo usados como uma maneira deles trainarem, “assim como um piloto pode usar um simulador de voo.

É claro que uma matéria assim deve ser o suficiente para que os mais conservadores tenham violentos ataques de histeria, pois além de temerem os psicopatas que os games formam, agora também precisam se preocupar com a academia de terroristas que está sendo formada no Instituto Call of Duty de Ensino ou pela Escola Halo Pew-Pew de Tiro.

Só acho estranho esses supostos terroristas não terem escolhidos títulos mais realistas, como um ArmA II ou mesmo o Operation Flashpoint, mas o importante é, será que eles tem noção de que na vida real o tempo de respawn é bem maior?

[via MCV]

relacionados


Comentários