Meio Bit » Internet » LulzSec publica manifesto e inspira grupos ao redor do mundo -- inclusive no Brasil

LulzSec publica manifesto e inspira grupos ao redor do mundo -- inclusive no Brasil

Lulz Security divulga manifesto alertando sobre a falência da segurança na web. Clones começam a surgir, inclusive um brasileiro que ameaça derrubar o site do Governo Federal.

9 anos atrás

For the lulz

Celebrando o milésimo tweet, o Lulz Security publicou seu manifesto -- ou algo próximo disso. Depois de derrubar diversos servidores de games e o site da CIA, o objetivo continua inalterado, mas os efeitos colaterais dessa série de ações se tornou mais delineado.

A mensagem reforça o mantra do grupo de que tudo o que fazem é pelo "lulz", pela diversão, mas dá uma outra perspectiva para as constantes invasões e divulgações de senhas e dados sensíveis, a de que estamos todos à mercê de crackers, de que na Internet não há, de fato, segurança.

Segundo o documento, o LulzSec se diferencia de crackers tradicionais justamente por expôr os seus feitos em vez de fazê-los na surdina e, no mercado negro, comercializar bancos de dados gigantescos a preços nada módicos. Ele cita o banco do jogo Brink, recém-lançado pela Bethesda e com mais de 200 mil cadastros, sob a posse do grupo nesse momento, e lança o desafio: é melhor saber disso e ir correndo trocar a sua senha ou permanecer na ignorância?

Referindo-se diversas vezes às pessoas em geral como "peões" e dividindo-as entre "trolls" que ganham dinheiro com isso e "losers" que acham que têm alguma segurança, a mensagem é bem clara: a segurança na web começa a demonstrar sinais de obsolescência -- assunto debatido nesse ótimo post do Gizmodo. A crítica à massa da Internet é dura e contínua, chegando até o comportamento do tipo "navegue como um zumbi em busca de algo minimamente engraçadinho".

Eles têm ciência de que cedo ou tarde serão pegos e que, três meses depois, já terão sido esquecidos pela Internet. Mas enquanto não são, continuarão atirando para todos os lados, só pela diversão.

***

Ontem surgiu um perfil no Twitter chamado @LulzSecBrazil, de cara ameaçando invadir o Brasil.gov.br, site oficial do Governo Federal, hoje. O @LulzSec original chegou a citá-los num tweet, dizendo-se lisonjeado por ser a inspiração -- o que realça a inexistência de um vínculo "oficial" entre os dois grupos. Além do brasileiro, outros dois surgiram na mesma linha, um generalista e outro canadense.

relacionados


Comentários