Meio Bit » Demais assuntos » Google Currents: quase, mas não totalmente, inteiramente diferente do Flipboard

Google Currents: quase, mas não totalmente, inteiramente diferente do Flipboard

9 anos atrás

 
A reação Macfag normal é desconsiderar o Google Currents como mais uma das versões kibadas do Flipboard, ignorando-o e mantendo a pureza racial do iPad, mas o que parecem imperfeições são na verdade diferenças de filosofia, e o Currents tem tudo para se tornar uma excelente aplicação nos tablets da vida, lado-a-lado com o Flipboard.
 
O Currents ainda está numa versão preliminar, então é preciso perdoar alguns erros básicos, como a falha na integração com o Google Reader, mas mesmo assim ele já atendem bem a necessidade que se propõe suprir.
 
A idéia aqui é um agregador de informação voltado para conteúdo, não quantidade. As fontes de informação são poucas mas de qualidade. O foco também difere do Flipboard, que essencialmente é um agregador de twitter com recursos para lidar com RSS. O Currents é um agregador de blogs e sites.

 
 
 

Ao contrário da maioria dos agregadores semelhantes há um cuidado na apresentação do conteúdo, mesmo que não haja uma fofoletização da interface como no Flipboard. Só isso já elimina viúvas e órfãs, as grandes vilãs dos layouts automáticos.
 
O Google está pensando alto, a ferramenta já está pronta para lidar com assinaturas e outras formas de venda de conteúdo, embora tudo no momento seja gratuito. 
 

O Currents, claro, é altamente social. O destaque é pro Google+ mas é possível compartilhar o conteúdo nas redes principais, enviar por email, Twitter, etc.
 
Se você é usuário do Flipboard e começar a usa o Currents sem ler este aviso provavelmente irá odiar. É a diferença de filosofia que falei; o Currents é feito para leitura offline. A idéia é que todo dia ele atualize a sua biblioteca de fontes de informação e então, independente de ter 3G ou WIFI, poder acessar aquele conteúdo.
 
O Flipboard dá a ilusão de ter esse recurso, mas ele só cacheia uma pequena parte do conteúdo. o Currents irá baixar tudo. 
 
O preço a pagar é que isso demora, ainda mais se você tiver um link vagaba como o meu. A espera compensa, ainda mais quando você está em um aeroporto sem WIFI e com seu vôo pra lá da ilha de Lost.
 

Por falar em preço, o Currents é gratuito, existe pra IPad e pra tablets Android e há toda uma boa-vontade do Google para quem quiser publicar conteúdo pra ele. Idéia aliás muito recomendada.
 

Links úteis:

relacionados


Comentários