Meio Bit » Miscelâneas » Em 1983, bancos brasileiros começavam a investir em sistemas informatizados

Em 1983, bancos brasileiros começavam a investir em sistemas informatizados

Em 1983, os bancos brasileiros começavam a investir em sistemas informatizados que, hoje, são parte do cotidiano. Confira uma reportagem histórica sobre o assunto.

20/06/2011 às 10:04

Bigodes bregas, talões de cheque onipresentes e Alberto Gaspar sem cabelos brancos. Era essa a situação do Brasil no longínquo ano de 1983. Naquela época, a relação entre bancos e clientes era totalmente manual. Nada das facilidades modernas que temos hoje, como caixas automáticos, cartões de crédito/débito, débito automático ou consultas por telefone e Internet.

A reportagem abaixo, do Jornal Hoje, apresentava as novidades que os bancos então preparavam para os clientes. Caixas eletrônicos (ainda sob a alcunha estrangeira, ATM), consulta a saldo e saques via computador, acesso por telefone. Tudo protegido por "um código secreto que nem o próprio banco sabe", a (não tão) boa e velha senha.

Também aparece na matéria o cartão com tarja magnética, que prometia "substituir o cheque". Na época, imagino que a sensação dos telespectadores tenha sido parecida com a que temos hoje quando serviços como o Square se mostram: pagar contas com o celular!? Isso é muito anos 2000 3000. Preparem-se para o futuro, caros amigos.

No final ainda rola a interminável discussão sobre a tecnologia tomando os postos de trabalho dos seres humanos, e como não poderia deixar de ser em qualquer reportagem futurista pré-2000, a música tema de 2001: Uma Odisseia no Espaço.

Ah, quanta nostalgia 😀

Via itens compartilhados do Emerson Alecrim.

relacionados


Comentários