Meio Bit » Miscelâneas » 10 anos depois, ainda somos todos americanos

10 anos depois, ainda somos todos americanos

11/09/2011 às 11:41

No rastro da destruição do maior atentado terrorista da história, maior parte das pessoas sensatas sentiu-se simpática à dor e sofrimento causados a uma massa de civis inocentes na cidade mais cosmopolita do mundo. De lá para cá, muita coisa mudou, inclusive o senso comum, que agora permite piadas sobre o assunto. Apenas uma coisa permanece: ainda somos todos americanos.

A frase quer dizer um pouco mais do que uma simples declaração de dor. Significa que se uma pessoa ou grupo decide jogar Angry Birds no mundo real contra pessoas inocentes que simplesmente levavam sua vida, nesse sentido ainda somos todos americanos. Significa que se nós vivemos para sermos felizes (e consumir dentro do sistema capitalista) e não para rezar ou seguir uma cartilha política, então somos todos americanos.

Piadas com 11 de setembro. Faça você também

O alvo somos todos nós e os bárbaros terão de destruir a todos para vencer essa guerra idiota santa.

Por mais que politicamente sejamos distantes dos norte-americanos, nossos ídolos ainda são de lá, falamos sobre os produtos de seu trabalho, adotamos processos desenvolvidos por lá e usamos tudo que acontece por lá como exemplo de como o mundo pode ser avançado e confortável.

Fazer piada com o profeta agora é legal

Ainda esperamos atenciosamente que as novidades de lá sejam lançadas aqui com pouco atraso. Quase 80% dos posts do Meio Bit falam de produtos ou serviços desenvolvidos por empresas norte-americanas.

O mundo está melhor ou pior depois dos atentados? Honestamente, não interessa para nós.

Para quem não sofreu diretamente com os ataques, os atentados só conseguiram catalisar a crise financeira de 2001-2, mudar o protocolo de segurança em voos internacionais e colocar todos os habitantes ou descendentes do Oriente Médio como potenciais vilões da história.

relacionados


Comentários