Meio Bit » Mobile » Nada de MeeGo para o N900

Nada de MeeGo para o N900

Nokia atualiza N900 e, ao mesmo tempo, joga um balde de água fria em seus usuários: oficialmente, nada de MeeGo para o modelo...

10 anos atrás

N900: no MeeGo for you...

Quando Nokia e Intel anunciaram a parceria na área de sistemas operacionais móveis, com a fusão de Maemo e Moblin, respectivamente, várias dúvidas ficaram no ar, dentre elas, o destino que teria o Nokia N900, primeiro (e, pelo visto, último) Maemo-phone lançado no mercado.

Durante algum tempo, criou-se a expectativa de que o MeeGo (agora em versão 1.0), fruto da parceria das duas gigantes, seria recebido pelo smartphone top de linha da Nokia. Mas ontem, ao menos oficialmente, qualquer fio de esperança dos cinco usuários de N900 dissipou-se no ar...

No blog oficial Nokia Conversations, a gigante finlandesa anunciou a versão 1.2 do firmware do N900, com novidades tais como novos jogos 3D, melhorias no programa de e-mail, suporte ao bate-papo do Facebook e (corrijam-me se entendi errado) possibilidade de usar o navegador no modo portrait. (Sério que não dava!? Só landscape?)

Mas e o MeeGo? Dá uma lida na justificativa:

Moving away from the update and to look at MeeGo and the Nokia N900. Many of you have been asking whether the new MeeGo platform will be supported on the N900 once it’s device-ready. Although Nokia N900 devices are being used for platform development and testing purposes by those involved in the MeeGo project, Nokia doesn’t have plans for a full scale commercial MeeGo upgrade on the Nokia N900. The reason? It’s really about ensuring that you have the best possible experience designed for the features on your Nokia N900 device. Nokia realises this news may be a disappointment for some, rest assured that Nokia will continue to support the core Maemo software on your Nokia N900, as evidenced by the PR 1.2 (V10.2010.19-1) update available today.

"A melhor experiência" é ter a última e melhor versão do sistema, não? Já que estão usando o N900 como plataforma-base do MeeGo, por que não liberá-lo ao público?

Fica aquele gosto amargo, infelizmente cada vez mais comum na indústria móvel, de que seu aparelho, lançado como o Santo Graal da tecnologia há alguns meses, na real era só um laboratório de testes da Nokia. A saída? Confiar na comunidade, que tratará de pegar a porção ARM-based do MeeGo e criar um update não oficial para N900.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários