Meio Bit » Games » Tetris completa 25 anos

Tetris completa 25 anos

11 anos atrás

Com a E3 rolando em Los Angeles durante essa semana, muitos acabaram não prestando a atenção que amanhã, dia 6 de junho completará 25 anos do lançamento de um dos mais influentes jogos já criados, o Tetris. Concebido pela mente brilhante de um jovem de 29 anos, um pesquisador de inteligência artificial que trabalhava na Academia Soviética de Ciências, Alexey Pajitnov era um apaixonado por quebra-cabeças.

Depois de realizar alguns experimentos, o rapaz criou um jogo que não tinha placar nem fases, apenas peças com diversas formas geométricas que caiam infinitamente do topo da tela até que o jogador não conseguisse eliminá-las. Apesar de sua premissa extremamente simples, qualquer um que sentasse diante de um computador com o joguinho, ali permanecia durante horas.

dori_tet_05.06.09 Como Pajitnov nasceu em um sistema comunista, o governo soviético tratou de se apoderar dos direitos de sua criação e sua divulgação foi comprometida, até que em 1988, Henk Rogers, dono de uma empresa de games, teve contato com o jogo durante uma feira em Las Vegas. O executivo não deu muito atenção, mas em uma segunda chance enxergou o enorme potencial por trás daquelas peças que teimavam em se encaixar.

Após apresentar o puzzle para alguns figurões da Nintendo, nasceu ali uma das mais bem sucedidas parcerias da história dos videogames. A empresa japonesa resolveu disponibilizar uma cópia de seu junto com todos os Game Boys que fossem vendidos. É seguro dizer que sem Tetris, talvez o portátil não teria feito tanto sucesso e fica a dúvida se o jogo seria tão conhecido se a Nintendo não tivesse fechado a parceria.

O game recebeu conversões e adaptações para uma infinidade de produtos eletrônicos, passou a fazer parte da cultura pop mundial e estima-se que tenha vendido mais de 70 milhões de cópias ao longo dos anos. O seu criador só pode receber dinheiro com o Tetris depois de 1996, quando o estado russo perdeu os direitos. Atualmente Alexey Pajitnov trabalha para a Microsoft e o mundo dos games seria muito diferente se em 1984 ele não tivesse tido aquela ideia brilhante.

Update: Adicionei um documentário bacana feito pelo Gametrailers para comemorar o aniversário.


relacionados


Comentários