Meio Bit » Baú » Mobile » Rede de dados para celular perto de colapso

Rede de dados para celular perto de colapso

29/10/2008 às 21:47

Segundo o levantamento realizado pela Nokia Siemens Networks, o tráfego de dados através das redes de celulares deve crescer 90% até 2011 e com isso esgotar a capacidade de espectro disponível. A quantidade de usuários das redes 3G, que tem previsão de fechar 2008 em 3,5 milhões de pessoas, deve chegar a 100 milhões até 2013. A partir do momento em que o usuário tiver aceso a uma rede que lhe permita tráfego de dados, ele passará a usar cada vez mais seu celular para acessar a internet.

Atualmente são utilizados menos de 5MHz dos 115MHz da banda disponível no país, porém toda essa capacidade deve ser atingida até 2011 e até 2013 precisará de mais do que o dobro do que é disponibilizado hoje, cerca de 250MHz aproximadamente. A previsão de tráfego de dados para este ano através das redes dos celulares é de 35Gb por segundo e em 5 anos deve chegar aos 1700Gb.

Esses cálculos não levam em conta nenhuma diminuição no consumo devido a atual crise, segundo o presidente da companhia, Armando Almeida, ainda é cedo para avaliar os efeitos da crise sobre a demanda e a empresa não vê como ela afetaria o tráfego, disse também que a empresa não prevê nenhum aumento de custo dos serviços.

Outro que manifestou sua preocupação com esse aumento de tráfego foi o presidente da Vivo Roberto Lima que disse que não só os recursos financeiros são limitados, mas também o espectro e que se a questão não for resolvida como deve pode acabar inibindo a oferta do serviço. Segundo ele a empresa não pode oferecer um serviço e depois limita-lo, é para ser consumido mesmo e por isso o espectro precisa ser corrigido.

De acordo com a Nokia Siemens é necessário um estudo em parceria com o governo, as operadoras e fornecedores para procurar uma solução que não interfira no consumo ou prejudique a qualidade dos serviço oferecido, a empresa aponta para a utilização de tecnologias mais eficazes por parte das operadoras citando como exemplo as baseadas em IP para aproveitar da melhor forma a capacidade oferecida.

[via Reuters]

relacionados


Comentários