Meio Bit » Baú » Games » Assassinato virtual dá cadeia

Assassinato virtual dá cadeia

24/10/2008 às 11:31

Tem certas histórias que nós vemos na internet que são difíceis de acreditar, como esta. No Japão, uma mulher 43 anos foi presa acusada de ter matado virtualmente o seu ex-marido. Eu explico.

Em maio passado, um sujeito de 33 anos se divorciou. Arrasada, a professora de piano decidiu que iria se vingar do cidadão e chegou a conclusão que uma boa maneira de fazê-lo pagar pelo abandono seria deletando o avatar do ex-marido no jogo MapleStory. Como ela tinha o nome de usuário e senha, entrou no jogo e cometeu o “homicídio”. Pouco depois, o “presunto virtual” percebeu o que tinha acontecido e chamou a polícia.

A mulher então foi presa, acusada de acessar e manipular dados ilegalmente. O crime pode lhe render cinco anos no xadrez ou uma multa no valor de US$ 5000. Em sua defesa, a “psicopata de Maple World” alega que foi “abandonada subitamente, sem nenhum aviso” e que por isso ficou furiosa.

dori_ms_24.10.08

[via Kotaku]

relacionados


Comentários